Primeiro caso da Covid-19 no País é do fim de janeiro, diz Ministério da Saúde

Atualizado

O Ministério da Saúde informou nesta quinta-feira (2), que detectou registro do primeiro caso de novo coronavírus no Brasil em 23 de janeiro. Antes, a pasta considerava um diagnóstico divulgado em 26 de fevereiro como sendo a chegada da doença no País.

O ministério não deu detalhes sobre a primeira infecção no Brasil. “Havia circulação inicial de casos (da Covid-19) já no final de janeiro”, disse o secretário nacional de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, em entrevista no Palácio do Planalto sobre o balanço da pandemia no Brasil.

Leia também

Oliveira explicou que o paciente foi identificado a partir da análise de internações passadas por síndrome respiratória aguda grave (SRAG). O País registra forte alta de hospitalizações por este tipo de doença em 2020, indicando subnotificação de casos da Covid-19.

“Havia circulação inicial de casos (da covid-19) já no final de janeiro”, disse o secretário nacional de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira – Foto: Polina Tankilevitch/Pexels/Divulgação

Na semana que se encerrou em 21 de março (12ª semana epidemiológica), o País teve 7771 hospitalizações por SRAG, que podem incluir casos da Covid-19, contra 1061 no mesmo intervalo do ano anterior. Em 2020, o aumento de internações deste tipo é de 197%.

O secretário de Vigilância em Saúde disse que esta descoberta de casos anteriores é normal. Ele lembrou o surto de zika, em 2014, quando no ano seguinte descobriram um novo “primeiro caso” no País.

Retrospectiva

A pandemia global causada pelo novo coronavírus chegou nesta quinta-feira (2) ao patamar de 1 milhão de casos confirmados em todo mundo. São também mais de 51 mil mortes nos mais de 170 países em territórios já atingidos pela doença.

Com a marca estabelecida e registrada pela Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, o nd+ traçou uma de linha do tempo e atestou a velocidade e o poder de destruição da doença.

Saúde