Procon autua duas agências bancárias pela demora no atendimento em São José

Atualizado

O Procon de São José intensificou a fiscalização das agências bancárias. O trabalho começou após denúncias de possíveis irregularidades. O tempo de espera na fila não pode ultrapassar o limite máximo de 20 minutos entre os dias 01 e 10 de cada mês e 30 minutos nos outros dias. Os fiscais visitaram oito agências, sendo que duas foram autuadas por não cumprirem a lei.

Fiscais visitaram oito agências bancárias nesta segunda-feira (11) – Divulgação/Divulgação/ND

As agências irregulares têm prazo de 10 dias para apresentarem defesa. Em caso de reincidência, poderão ser multadas e correm o risco de interdição. O Procon sugere que os consumidores façam a denúncia pessoalmente no órgão. É importante apresentar o número da senha registrando o horário de chegada no banco e o horário de atendimento que pode ser documentado por foto.

O representante do órgão, Fabrício Vieira, não revelou o nome das instituições notificadas. Segundo ele, a intenção da fiscalização é garantir o atendimento adequado ao consumidor.

“A fiscalização continua até a totalidade das agências bancárias localizadas no município serem fiscalizadas com o intuito de cobrar o cumprimento da lei municipal que dispõe sobre o tempo de espera na fila de bancos”, reforçou.

Para os consumidores que necessitarem dos serviços do Procon no município, o órgão está localizado na Avenida Acioni Souza Filho, 403, no piso térreo do prédio da Prefeitura. O horário de atendimento é das 8h às 18h e o telefone para contato é 3288-4393.

Mais conteúdo sobre

Região