Programas inspecionam e reduzem ligações irregulares de esgoto em Florianópolis

Atualizado

Trato Pelo Capivari lacra ligação irregular de esgoto no bairro Ingleses nesta sexta-feira (31)  – Tito Pereira/PMF/Divulgação/ND

Nesta sexta-feira (31), a equipe do Trato Pelo Capivari, um dos programas realizado por meio da parceria entre Prefeitura de Florianópolis e Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento), lacrou a ligação irregular de esgoto de um condomínio no bairro Ingleses, no Norte da Ilha.

O imóvel, localizado na rua Maria Conceição, despejava esgoto diretamente na rede de drenagem pluvial, o que é crime ambiental, de acordo com a legislação.Durante todo o dia, os técnicos realizaram outras 20 inspeções, encontrando mais quatro casos de esgoto na rede pluvial.

Os proprietários dos locais inspecionados têm até 15 dias para adequar as ligações sanitárias. Quem não regularizar a situação estará sujeito à interrupção forçada da ligação irregular e à multa por crime ambiental de, no mínimo, R$ 5 mil. Apenas dois imóveis, dentre os vinte hoje inspecionados pelo Trato, não apresentavam quaisquer irregularidades de esgoto, apontam dados da Prefeitura da Capital.

Durante toda a semana, o Trato Pelo Capivari inspecionou 90 imóveis, entre condomínios, casas e estabelecimentos comerciais de grande e pequeno porte, dentre os quais 16 apresentavam esgoto na rede pluvial e apenas 13 mostraram-se sem irregularidades após os testes com corante. Amanhã, sábado, a equipe do programa seguirá com novas inspeções o trabalho de combate ao esgoto irregular nos Ingleses.

“É fundamental que todos se conscientizem e entendam que proteger nosso meio ambiente, nossas belezas naturais, começa pela nossa casa. Investimos para despoluir a Beira-Mar Norte, temos o Trato pelo Capivari, o Se Liga na Rede, que tem passado por toda a cidade para verificar a situação do esgoto de casas e edifícios destas regiões e orientar a população sobre como regularizar a situação do seu imóvel”, afirma o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro.

O presidente da AMI (Associação de Moradores de Ingleses), Ciro Limas, destaca os resultados da ação. “O projeto Trato pelo Capivari começou há pouco tempo, mas as equipes  estão trabalhando bastante. Tenho participado de reuniões e temos um diretor da AMI que tem acompanhado as equipes. Estão lacrando muitos esgotos irregulares. Esperamos colher esses frutos mais tarde”, afirma.

Iniciado em dezembro, o Trato Pelo Capivari — programa realizado pela Casan, com a participação da Prefeitura de Florianópolis — fará uma varredura nas ligações sanitárias dos Ingleses, ao longo de oito meses, com o objetivo de limpar o Rio Capivari e regularizar os imóveis do bairro. A execução é da Echoa Engenharia, empresa responsável pelo Floripa Se Liga Na Rede.

Ação inspecionou 501 imóveis nas praias de Ponta das Canas e Canasvieiras, do dia 31 de outubro de 2019 até o último dia 23-  PMF/Divulgação/ND

Resultados no Norte da Ilha

Ainda na região Norte da Ilha, o programa Se Liga Na Rede, outra ação do município voltada a verificar as ligações de esgoto nas redes pluviais, já inspecionou 501 imóveis nas praias de Ponta das Canas e Canasvieiras, do dia 31 de outubro até o último dia 23. De acordo com a prefeitura da Capital, 68% destes locais – casas, edifícios e estabelecimentos comerciais de grande e pequeno porte — apresentam ligações de esgoto irregulares, contra 32% que se já regularizaram ou encontravam-se regulares na primeira inspeção do programa.

Dentre as inadequações encontradas pela equipe do Se Liga Na Rede estão caixa de gordura inexistente ou inadequada, esgoto conectado na rede pluvial, pluvial conectada na rede de esgoto e até a não ligação do imóvel à rede. Para se regularizar, o proprietário do imóvel recebe um prazo — que varia de 15 a 30 dias, a depender da irregularidade — para resolver o problema. Feitas as adequações, a equipe retorna para comprovar que as ligações estão corretas.
As informações dos imóveis que descumprirem o prazo são repassadas à Floram e à Vigilância em Saúde, ficando o proprietário sujeito a sofrer as penalidades previstas na legislação — como multa por crime ambiental, em caso de esgoto na rede pluvial, com valor de no mínimo R$ 5.000,00, ou até mesmo o lacre da ligação irregular.

O Floripa Se Liga Na Rede também é realizado por meio da parceria entre município e Casan e executado pela Echoa Engenharia. O objetivo é incentivar a população, com uma consultoria técnica gratuita, a regularizar as ligações de esgoto de imóveis e comércios. Ligações sanitárias inadequadas podem causar entupimento das redes públicas de esgoto e de drenagem com gordura, vazamento de esgoto na rua e contaminação de mar, rios e baías.

Morador regularizou situação de seu imóvel em Ponta da Canas durante passagem do Se Liga na Rede pela região – PMF/Divulgação/ND

Resultados surpreendem em pouco tempo de atuação

O primeiro bairro a receber o Floripa Se Liga Na Rede foi o Bom Abrigo, na região continental da cidade e tinha mais de 30 anos de rede em operação. O trabalho foi feito pela equipe de técnicos do programa na sede da Associação de Moradores, entre os dias 4 de setembro e 19 de outubro de 2018. No local, dados do município aponta que após a passagem do programa e as ações posteriores dos órgãos, o número de edificações irregulares diminuiu de 144 para 90, uma redução de 38%.

Já no bairro Abraão, também localizado no Continente, o número de imóveis irregulares diminuiu de 318 para 233 após as ações do programa, entre os dias 22 de outubro de 2018 e 19 de abril de 2019.

O terceiro bairro a receber o Floripa Se Liga Na Rede, Canasvieiras, tem rede de esgoto há 20 anos Entre os dias 17 de dezembro e 8 de julho de 2019, a equipe do Se Liga na Rede se estabeleceu na secretaria da Amocan (Associação de Moradores do bairro) e, posteriormente, em um imóvel da região alugado. No local durante a primeira inspeção da ação do município, 90,8% das edificações estavam irregulares durante a primeira inspeção. Ao final do período de trabalho, esse número passou para 72,7%, ou seja, 83 edificações foram regularizadas com a chegada do programa.

Em Ponta das Canas, houve diminuição de 32% no número de edificações com alguma irregularidade após a primeira etapa do programa no local, passando de 166 para 113, de acordo com os dados da iniciativa.

Prefeitura de Florianópolis realiza regularmente inspeções pela cidade para conscientizar moradores sobre a importância da regularização de redes de esgoto. –  PMF/Divulgação/ND

Como regularizar esgotos em Florianópolis

De acordo com a equipe da prefeitura responsável pelo programa Se Liga na Rede, ligações sanitárias inadequadas causam entupimento das redes públicas de esgoto com gordura. Vazamentos contaminam o mar, rios e baías. A Prefeitura de Florianópolis realiza regularmente inspeções pela cidade conscientizando moradores sobre a importância da regularização de redes de esgoto.

Uma das frentes de combate ao esgoto irregular na cidade é o Floripa Se Liga Na Rede, que hoje está presente no Centro, em Ponta das Canas e Canasvieiras. O cidadão que mora nestes bairros e gostaria de saber se sua ligação está regular pode agendar uma inspeção gratuita pelo número (48) 98821-6499 (WhatsApp). Nos Ingleses, as inspeções são realizadas no âmbito do programa Trato Pelo Capivari e, nos demais bairros de Florianópolis, pela Blitz do Grupo Sanear.

A Blitz Sanear é composta por fiscais e técnicos da Casan, Secretaria de Infraestrutura, Vigilância em Saúde, Floram e Echoa Engenharia, empresa responsável pelo programa Floripa Se Liga Na Rede, e foi criada com o objetivo de fiscalizar ligações irregulares de esgoto que causem prejuízos ao meio ambiente e à saúde pública.

Como denunciar esgoto irregular

Descarte irregular é tudo que vai indevidamente para a rede pluvial e não para a rede coletora de esgoto. Água de pia e esgoto não pode ser jogada na rede pluvial, assim como de máquinas de lavar roupa, além do risco de caixas de gordura inadequadas. O descarte irregular continua sendo um grande obstáculo para o município, portanto as denúncias são muito importantes para a eficácia da fiscalização. Além das inspeções agendadas a Prefeitura de Florianópolis realiza blitz de segunda à quarta-feira. Para denunciar esgotos irregulares basta clicar no link http://bit.ly/2QCCMSi .

Prefeitura de Florianópolis