Protesto por mais segurança no trânsito de Florianópolis reúne 500 ciclistas

Manifestação ocorreu uma semana após a morte de Simoni Bridi, atropelada enquanto pedalava pela ciclovia da SC-401

Cerca de 500 ciclistas pedalaram nesta sexta-feira (29) do Koxixo’s, na Beira-Mar Norte, até a frente do Centro Administrativo, na SC-401, para pedir mais segurança no trânsito de Florianópolis. Os manifestantes começaram a chegar ao Koxixo’s por volta das 19h e de lá partiram pela ciclovia até o cemitério do Itacorubi.

RICTV Florianópolis

Ciclistas protestaram em frente à sede do governo do Estado

A PMRv (Polícia Militar Rodoviária) fechou uma das pistas da SC-401 para o grupo continuar pedalando até a sede do governo do Estado. Chegando ao destino, os ciclistas bloquearam os dois sentidos da rodovia por aproximadamente 30 minutos. Muitos motoristas parados no trânsito apoiaram o protesto.

Com bastante empolgação e gritando em coro, os manifestantes pediram respeito aos ciclistas, com mais ciclovias pela cidade. Eles ainda penduraram um varal com cerca de 300 bicicletas, com recados que expressavam o desejo do fim das mortes.

SC-401: a rodovia mais perigosa para se pedalar em Florianópolis

No domingo (24), Simoni Bridi, de 28 anos, foi a segunda ciclista que morreu na SC-401 em menos de um mês, o que confirma cada vez mais a fama da rodovia de via mais perigosa para se pedalar em Florianópolis, cidade que costuma receber provas tradicionais do esporte, como o Audax e o Ironmann.

Com a morte da jovem, este é o sétimo acidente fatal envolvendo ciclistas na rodovia nos últimos anos. Três mortes foram sobre a ciclofaixa, e a de Simoni foi a quarta no local que deveria ser exclusivo de bicicletas. Em seu projeto original de duplicação, a rodovia já previa espaço para os ciclistas, mas nunca foi efetivamente implantado.

Nos pontos com ciclofaixa de 1,5 metro o acostamento encolhe, ficando também com 1,5 metro. Um projeto do Plamus (Plano de Mobilidade Urbana Sustentável) prevê uma total reformulação da rodovia, que ficaria com cara de avenida e características urbanas, com ciclovia separada da faixa. No entanto, o projeto não tem prazo para sair do papel.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Notícias

Loading...