Protestos violentos em Porto Príncipe pedem renúncia do presidente do Haiti

Pelo menos duas pessoas morreram e dezenas ficaram feridas depois que a polícia do Haiti reprimiu com violência os protestos na capital, Porto Príncipe, ontem.

Milhares foram às ruas se manifestar contra a corrupção e pedir a renúncia do presidente Jovenel Moise. Os manifestantes queimaram pneus e fecharam rodovias, lojas e postos de gasolina.

Jovenel é acusado de desviar recursos do Petrocaribe, programa de fornecimento de petróleo pela Venezuela ao Haiti por preços reduzidos.

Além disso, o país enfrenta uma severa crise econômica, enfraquecida pela inflação de mais de 15% em dois anos e pela rápida desvalorização da moeda nacional, o gourde, em relação ao dólar.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais conteúdo sobre

Política