PSB avalia medalhista olímpica e coronel da PM para vice de Márcio França

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Em negociação para definir a chapa do governador de São Paulo, Márcio França, na disputa à reeleição, o PSB tem avaliado indicar uma mulher para o posto de vice-governadora. Até agora, a única certeza é que o vereador paulistano Mario Covas Neto (Podemos), egresso do PSDB, ocupará uma das vagas para o Senado.

A decisão pode sair só depois da convenção do partido, marcada para o próximo sábado (4). O PSB tem avaliado os nomes da medalhista olímpica Maurren Maggi e da coronel da Polícia Militar Eliane Nikoluk.

Maurren filiou-se ao PSB em 2 de abril deste ano, segundo registro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Nikoluk é pré-candidata a deputada estadual pelo PR e comandou o policiamento preventivo do Vale do Paraíba e do Litoral Norte.

Aldo Rebelo (Solidariedade) também é aventado como possível vice de França. Rebelo, ex-presidente da Câmara dos Deputados e ex-ministro dos governos Lula e Dilma, também aparece no cardápio de Geraldo Alckmin (PSDB), antecessor de França, que deve ser confirmado na disputa à Presidência pelo PSDB também no próximo sábado (4). 

França diz que ainda está negociando a composição de sua chapa. Ele contou que avalia a indicação de mulheres, mas que ainda não tinha conversado pessoalmente com as políticas cotadas. Outra mulher indicada para uma vaga majoritária é Marlene Campos Machado (PTB), pré-candidata a deputada federal.

Os 14 partidos coligados com o governador -PR, PSC, PTB, PV, SD, Pros, PPL, PPS, Podemos, PHS, PRP, PMB, Patriota e, desde a semana passada, o PDT- têm apresentado suas opções à campanha do pessebista. Na semana passada, ao anunciar a aliança com França, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, disse que desejava preencher uma das duas vagas majoritárias na chapa: Senado ou vice-governador. 

Adversários eleitorais de Márcio França, João Doria (PSDB) e Paulo Skaf (MDB) confirmaram suas candidaturas no último sábado (28) e apresentaram seus vices. O do tucano será o deputado federal e ex-secretário da Habitação, Rodrigo Garcia (DEM). O emedebista entra na disputa acompanhado pela tenente-coronel da PM Carla Basson.

Mais conteúdo sobre

Jornalismo

Nenhum conteúdo encontrado