Quanto mais mexe…

Caso das peças roubadas do pátio da SSP ganha novos componentes: funcionário diz que avisou seus superiores sobre os desvios

Tem um dito popular, chulo é verdade, que diz que “quanto mais se mexe naquilo, mais fede”. É o caso dessa história das peças desviadas (desvio é um eufemismo, a palavra certa é roubo) do depósito da Secretaria de Segurança Pública. Na segunda-feira (16), a reportagem da RIC TV entrevistou mais um personagem do caso, o funcionário público Jorge Klöppel, que denunciou o esquema aos seus superiores e teria sido exonerado (notícia já desmentida pela SSP, ele está mantido no cargo). O que surpreende é o fato de que o escândalo aconteceu em 2011, ganhou destaque na mídia, e depois foi se dissipando, como névoa, no lento passar dos meses. Só voltou à claridade depois que o delegado Claudio Monteiro foi exonerado da diretoria da DEIC, um episódio que o governo do Estado gostaria de ver esquecido, pelo efeito negativo que gerou. Na entrevista de Klöppel à RIC TV, ficou mais do que evidente a determinação do funcionário em alertar seus superiores. Ele cumpriu seu dever, mas foi, quase sempre, ignorado. Agora, não mais, porque a sociedade espera que os fatos sejam esclarecidos e que os responsáveis – todos – sejam punidos convenientemente.

Mantido

O delegado Cláudio Monteiro continua na ativa, até porque tem a competência reconhecida pelos superiores e pela sociedade. Será responsável pela Divisão de Repressão a Entorpecentes da própria DEIC, que dirigia. Foi a forma que o governo encontrou para reparar a trapalhada de sua exoneração.

Descartado

Felizmente, a manutenção de Claudio Monteiro afastou de vez aquela tentativa de envolvê-lo na sucessão municipal de Florianópolis. Nos bastidores, tinha-se como certo o convite, feito pelo prefeito Dario Berger, para que o delegado assumisse a secretaria municipal de Segurança Pública. De olho, é claro, na súbita popularidade de Monteiro.

Mira

Esperando que as coisas se acomodem (e se esclareçam) na Secretaria de Segurança Pública, os catarinenses agora esperam que as autoridades voltem a mirar no que realmente interessa, a tranquilidade social. Novos ataques a caixas eletrônicos, assaltos cada vez mais ousados a residências e ao comércio da Grande Florianópolis e atentados a delegacias de polícia são apenas algumas das questões que aterrorizam os cidadãos de bem.

Divulgação

Urbanismo

Cidade histórica e turística, tratada assim por alguns

Lástima

É uma pena que um lugar tão bonito, tão celebrado pelos moradores e turistas, não receba o carinho que deveria merecer, por parte do poder público e dos próprios comerciantes. O Mercado Público tinha no sábado (14) essa expressão de “largado”, lixo acumulado de qualquer jeito, carro estacionado na passagem dos pedestres. Uma lástima.

Divulgação

Urbanismo

O lugar é para os pedestres, mas… E ninguém faz nada

Tem mais

Outra imagem que sempre dá um aspecto de descaso ao nosso maltratado centro histórico. O carro estacionado no Largo da Alfândega Prefeito Dakir Polidoro, sem que ninguém, do poder público, dê atenção a esse tipo de infração. Uma viatura da PM passou pelo largo e foi embora. Ninguém parou para multar o veículo. Como, aliás, acontece em toda a área dos calçadões da cidade.

Trajetória

Marcado para esta quinta-feira (19), às 19h, na sede da OAB-SC, o lançamento da obra O Jornalismo de Moacir Pereira, de autoria do professor e jurista Cesar Pasold, editado pela Insular. O evento será promovido pela OAB-SC, Academia Catarinense de Letras, Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, Associação Catarinense de Imprensa e Instituto dos Advogados de Santa Catarina.

Mais saúde

A Prefeitura de Florianópolis, através da Secretaria Municipal de Saúde, assina nesta terça-feira (17) o decreto que implanta o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ). Essa é uma diretriz do Ministério da Saúde que permite maior transparência e efetividade das ações governamentais direcionadas à Atenção Básica em Saúde. Florianópolis se cadastrou com 111 equipes, que passam a receber recursos para o fortalecimento dessa área.

Armação

Representantes da comunidade da Armação do Pântano do Sul preparam-se para um encontro, nesta quarta-feira (18), às 14h30, no gabinete do secretário de Obras, em que vão cobrar obras relativas ao “paredão” na praia, destruída por uma ressaca há dois anos. E não foi só a praia que os moradores perderam. O dinheiro federal para as obras foi consumido pelo tempo (perdido).

Divulgação Luis F. Ferreira

Urbanismo

Belo cenário urbano da Capital: marcado para morrer

Quadra histórica

A bela área – uma quadra inteira – onde está a casa do lendário engenheiro George Wildi, que morreu em 2010, aos 82 anos, deve desaparecer do mapa em pouco tempo. Conforme o leitor Luís F. Ferreira, o arborizado terreno da Rua Presidente Coutinho, já foi negociado e “vai dar origem a dois espigões”.

* * *

“A casa, de importância histórica e arquitetônica, poderia ter sido tombada e presenteada à cidade”, afirma, desolado. E assim vai Florianópolis, rumo à demolição completa de sua memória física e, por que não, espiritual.

Perda

O terceiro setor de Santa Catarina recebeu com tristeza, na segunda-feira (16), a notícia da morte do presidente da Fucas, Aparício José Mafra Neto, vítima de câncer, aos 58 anos de idade. Ele estava desde 2003 à frente da entidade, que desenvolve magnífico trabalho social na região continental, atendendo anualmente centenas de crianças e adolescentes.

Plano Diretor

O Plano Diretor Participativo de Florianópolis vai estar em debate na Associação Catarinense de Imprensa, nesta quarta-feira (18), a partir das 9h30. Representantes da prefeitura vão discutir o arrastado tema com os jornalistas, procurando esmiuçar algumas questões mais problemáticas, justamente as que têm causado tantas polêmicas.

Frase

“Vi uma camiseta com uma frase interessante estampada: ‘See cash, cash, see no cash, dish’. Apenas catarinenses entenderão”. Do Twitter de Daniele Rosa (@QuatroQueijos). A brincadeira é ótima. E só mesmo nós, nativos do litoral, entendemos.