Queda de avião da Aeroméxico deixa pelo menos 85 feridos no norte do México

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Pelo menos 85 pessoas ficaram feridas na queda de um avião da companhia Aeroméxico que decolava do aeroporto de Durango, no norte do país, em direção à capital nesta terça-feira (31). Não houve mortos no acidente.

De acordo com o site FlightRadar24, o Embraer E190, que fazia o voo AM2431, saiu às 15h09 (18h09 em Brasília) do Aeroporto Internacional Guadalupe Victoria com 101 pessoas a bordo —97 passageiros e quatro tripulantes.

A Defesa Civil de Durango declarou que as vítimas foram encaminhadas a três hospitais da cidade homônima por socorristas e bombeiros. A secretaria de Saúde do estado informa que há ao menos duas pessoas em estado grave.

O canal de notícias mexicano Milenio informou que alguns dos sobreviventes conseguiram se levantar após a queda e pediram ajuda. À emissora familiares dos passageiros informaram que a maioria dos feridos é leve.

A aeronave caiu em uma área descampada a 10 km da pista. A operadora do aeroporto informou que, na hora da decolagem, chovia muito e que os pilotos tiveram que fazer uma aterrissagem de emergência.

A informação não foi confirmada pela Defesa Civil, que fez o socorro, ou pela secretaria federal de Comunicações e Transportes, que serão responsáveis pela investigação. O aeroporto foi fechado e alguns voos, desviados.

Mais conteúdo sobre

Geral

Queda de avião da Aeroméxico deixa pelo menos 85 feridos no norte do México

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Pelo menos 85 pessoas ficaram feridas na queda de um avião da companhia Aeroméxico que decolava do aeroporto de Durango, no norte do país, em direção à capital nesta terça-feira (31). Não houve mortos no acidente.

De acordo com o site FlightRadar24, o Embraer E190, que fazia o voo AM2431, saiu às 15h09 (18h09 em Brasília) do Aeroporto Internacional Guadalupe Victoria com 101 pessoas a bordo —97 passageiros e quatro tripulantes.

A Defesa Civil de Durango declarou que as vítimas foram encaminhadas a três hospitais da cidade homônima por socorristas e bombeiros. A secretaria de Saúde do estado informa que há ao menos duas pessoas em estado grave.

O canal de notícias mexicano Milenio informou que alguns dos sobreviventes conseguiram se levantar após a queda e pediram ajuda. À emissora familiares dos passageiros informaram que a maioria dos feridos é leve.

A aeronave caiu em uma área descampada a 10 km da pista. A operadora do aeroporto informou que, na hora da decolagem, chovia muito e que os pilotos tiveram que fazer uma aterrissagem de emergência.

A informação não foi confirmada pela Defesa Civil, que fez o socorro, ou pela secretaria federal de Comunicações e Transportes, que serão responsáveis pela investigação. O aeroporto foi fechado e alguns voos, desviados.

Mais conteúdo sobre

Jornalismo

Nenhum conteúdo encontrado