Quem vai pacificar a segurança pública?

A segurança pública de SC está desgovernada. E quem perde é o povo, porque os bandidos, estes sim, estão adorando

A intensa participação popular nas redes sociais, em apoio ao delegado Cláudio Monteiro, demonstra que existe algo de errado na segurança pública catarinense. A verdade é que há vícios, herdados da administração passada, que ainda não foram devidamente superados ou corrigidos. E aqui não vamos colocar em pauta a questão das diárias recebidas pelo doutor Monteiro, porque ele próprio admitiu o malfeito. Mas apontar a indiscutível rivalidade entre os diferentes setores da segurança pública, num processo de intensa “queimação” interna – o chamado “fogo amigo”, que de amigo não tem nada. O caso concreto é que a população assiste estarrecida à sucessão de fatos desabonadores, envolvendo justamente aqueles que têm a missão constitucional de proteger a sociedade. A coletiva do secretário Cesar Grubba, na segunda-feira (9) e a coletiva – de resposta, com graves deúncias – dos delegados de polícia, na terça-feira (10), indicam que a segurança pública em Santa Catarina tomou um rumo intolerável, o da mais completa instabilidade e insubordinação. Em suma, a segurança pública está desgovernada. E quem perde é o povo, porque os bandidos, estes sim, estão adorando.

Perfil

O perfil da Adepol (Associação de Delegados de Polícia de Santa Catarina) no Facebook apresenta um banner bem chamativo, onde está escrito “Salário da Polícia Civil – Vergonha – Um dos piores do Brasil”. Isso talvez explique por que os delegados estejam tão insatisfeitos com o governo e, também, por que se alinharam na defesa inabalável do delegado Cláudio Monteiro.

Trágico

Esse povo não é fácil. Vejam só o abaixo-assinado que circula na internet desde terça-feira (10), com graves erros gramaticais: “Viemos (sic) através deste abaixo assinado pedirmos (sic) afastamento temporária (sic) dos senhores Eduardo Pinho Moreira e do Sr. (sic) César Augusto Grubba, de seus cargos públicos pela moralidade e lisura do governo de Santa Catarina, dando a estes o direito de manifestarem-se publicamente e juridicamente como tão somente (sic) cidadãos”.

Divulgação

Urbanismo

Pista de rua na Agronômica está interditada há um mês

Sem dono

Mais um para a série de buracos sem dono em Florianópolis: o cavalete está há cerca de um mês sobre o dito cujo, na Rua São Vicente de Paula (Agronômica), sem que apareçam os responsáveis pelo seu conserto. Não se trata de uma obra malfeita, mas de uma cavidade que apareceu no asfalto, talvez em consequência da chuva ou de algum vazamento na rede pluvial ou de esgotos.

Divulgação

Economia

Estande de Biguaçu na Vila Náutica de Itajaí

Indústria náutica

O Projeto Biguaçu Polo Náutico Catarinense está sendo apresentado na Vila Náutica de Itajaí, onde acontece a única parada latino-americana da Volvo Ocean Race. O estande da prefeitura promove o potencial de Biguaçu, com o objetivo de atrair novos empreendedores do ramo náutico. O prefeito José Castelo Deschamps diz que essa é uma oportunidade inigualável para divulgar suas características propícias a esse tipo de indústria.

Divulgação

Inclusão social

Atletas patrocinados pelo BRDE: vitoriosos

Superação

As equipes de atletismo e natação da Afadefi (Associação de Apoio às Famílias de Deficientes Físicos), patrocinadas pelo BRDE, conquistaram 23 medalhas na Fase Rio/Sul do Circuito Loteria Caixa Brasil de Atletismo e Natação. O evento teve a participação de mais de 400 atletas com deficiência física, visual e intelectual do Sul do Brasil e Rio de Janeiro.

Faz sentido

Papo nonsense, no Twitter, entre duas mentes brilhantes:

– Chove pesado em Ingleses. Culpa do governo, só pode. (Nei Duclós, jornalista e escritor).

– E em Jurerê só garoa. Governo incompetente! (Cesar Valente, jornalista).

Prevenção e…

A Câmara dos Lojistas de Canasvieiras da Acif (Associação Comercial e Industrial de Florianópolis) recomeça hoje o trabalho de prevenção contra a presença de vendedores ambulantes ilegais na praia e ruas do balneário. O planejamento da temporada 2012/2013, que inclui também questões de segurança, limpeza, balneabilidade, entre outros, deve novamente contar com a participação de vários órgãos municipais – como Guarda Municipal, secretarias e Comcap.

… planejamento

No verão deste ano, o trabalho integrado recolheu mais de 88 mil produtos irregulares em toda a cidade. Segundo Milton Weber Filho, diretor da Regional Canasvieiras da ACIF, “a hora de trabalhar é agora, durante o verão não adianta reclamar”. A reunião será às 10h, na sede da ACIF Canasvieiras, e também tem na pauta ações e eventos para diminuir a sazonalidade e incrementar o comércio na região.

Queixo caído

Duas notícias de terça-feira (10) que deixam qualquer brasileiro boquiaberto: as falcatruas envolvendo o Projeto Tamar, que era considerado um modelo de ética em projeto ambiental, e a repetição (15 vezes!) da expressão “não houveram candidatos” numa publicação oficial (Diário Oficial da União).

Literatura

A arquiteta e escritora Eliane Veiga autografa nesta quarta-feira (11), às 19h30, na Livraria Catarinense do Beiramar Shopping, seu primeiro livro dedicado ao público infantil, O Voo da Pandorga Mágica. Ela desenvolveu uma estratégia de divulgação no Facebook, que resultou em grande receptividade do público. O sucesso é tanto que ela já está planejando a continuação da história.

Transol…

A Transol esclarece, a propósito do problema de funcionamento de uma plataforma para deficientes, referido em nota aqui, na terça-feira (10): “A empresa possui procedimento de manutenção preventiva PSMNT014 – ‘Padrão de Sistema para Manutenção das Plataformas Para Deficientes’, onde procura deixar os equipamentos na melhor forma de funcionamento possível”.

…esclarece

“A empresa entende que, apesar dos cuidados preventivos, os equipamentos citados são bastante sensíveis, e suscetíveis de falhas. Esclarece ainda que em certas linhas os equipamentos ficam vários dias sem serem acionados, esta descontinuidade no uso acaba também fragilizando o sistema”.

A curva

“Os jornais devem parar de chamar de ‘curva da morte’ e passar a mencioná-la como a ‘curva dos tansos’”. Do jornalista Gilberto Gonçalves, em seu Twitter (@f_nortedailha), sobre a curva da SC-401 logo após o “trevo da Edeme”, campeã de acidentes em Florianópolis.