Casan estima restabelecer o abastecimento de água no fim da tarde desta terça-feira

A equipe trabalha no reforço da estrutura e serão feitos os testes de carga com a pressão da água

Na manhã desta terça-feira (23) a Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) anunciou uma nova previsão para o restabelecimento do abastecimento de água na Grande Florianópolis. O religamento da adutora deve ser realizado ainda nesta terça (23), quando se iniciará então a normalização do abastecimento. Até o meio da tarde toda a estrutura já estará reforçada e serão iniciados os testes de carga, com a pressão da água. O religamento definitivo, porém, só deve ocorrer ao final da tarde.

A previsão se deve ao avanço da operação de recuperação da adutora. Cerca de 80% do equipamento de 800mm de diâmetro, que capta água do Rio Pilões, já recebeu a estrutura metálica de reforço. Toda a adutora já foi totalmente assentada sobre as pilastras reconstruídas na área que sofreu deslizamento de terra na madrugada de domingo (21) em função das chuvas. A operação de conserto continuana área afetada, no interior do município de Santo Amaro da Imperatriz.

Toda a adutora já está totalmente assentada sobre as pilastras reconstruídas na área que sofreu um grande deslizamento - Casan/Divulgação
Toda a adutora já está totalmente assentada sobre as pilastras reconstruídas na área que sofreu um grande deslizamento – Casan/Divulgação

Os bairros Trindade, Itacorubi, Santa Mônica e a região central de Florianópolis, Forquilhinhas, em São José, e alguns bairros de Biguaçu, além dos pontos mais altos de cada região, são as áreas que estão com mais problemas com interrupções de abastecimento e falta de água.

A região Sul e Norte da Ilha são abastecidas pelos sistemas de Ingleses e Lagoa do Peri e segundo os chamados registrados na Casan  não apresentam problemas nesta terça.  A exceção é pára os bairros Carianos, Santo Antônio, Sambaqui, Cacupé e arredores.

Consumidores que tiverem dúvidas ou reclamações podem entrar em contato com a companhia pela central de atendimento para solicitações de serviços pelo fone 0800-6430195 ou pelo chat online no site da Casan.

>> Casan realiza reforço de adutora em Santo Amaro da Imperatriz

Ainda segundo a companhia, há dificuldade dos trabalhos porque o solo está extremamente encharcado e instável para receber a tubulação. Para ter segurança de que não ocorrerá novos problemas, os engenheiros decidiram reforçar a estrutura com placas de aço galvanizado.

No início da manhã o sistema funcionava com apenas 50% da vazão. A partir do serviço reestabelecido com capacidade de distribuição completa, o abastecimento deve ser 100% normalizado em 24 horas. 

A adutora maior, de 800mm de diâmetro, já está assentada sobre as pilastras - Casan/Divulgação/ND
A adutora maior, de 800mm de diâmetro, precisou de reforço na estrutura – Casan/Divulgação/ND

Rompida na madrugada de domingo, a tubulação que capta água do Rio Pilões foi reassentada e entrou em operação ao meio-dia de segunda-feira (22), mas os testes com a pressão da água indicaram a necessidade de reforço. A Grande Florianópolis (São José, Santo Amaro, Biguaçu, Palhoça e a Florianópolis) permanece abastecida com água de outros mananciais, como o Rio Cubatão, mas sem o Rio Pilões a vazão é reduzida para algumas regiões.

Ainda segundo a empresa, o solo na região da captação do Rio Pilões, em Santo Amaro, ainda estava muito encharcado e instável nesta segunda-feira, o que dificultou a fixação dos pilares que sustentam a adutora. Por medida de segurança do Sistema, a Casan resolveu colocar estaqueamentos metálicos junto à estrutura de madeira.

Até que o sistema se estabilize normalmente, a Casan continua recomendando que o uso de água seja limitado ao essencial mesmo nas regiões não afetadas, pois estas colaboram com as demais.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Notícias

Loading...