Representantes de Guaidó invadem embaixada da Venezuela em Brasília

Representantes do opositor Juan Guaidó, reconhecido como presidente da Venezuela pelo Brasil, invadiram a embaixada do país em Brasília na madrugada desta quarta-feira (13), horas antes do início das atividades da 11ª Cúpula do Brics. Houve um princípio de confusão e a polícia militar foi acionada.

Manifestantes a favor de Juan Guaidó fizeram confusão em Brasília na manhã desta quarta – Foto: Twitter/Reprodução/ND

A embaixadora Maria Teresa Belandria não está no país. Segundo comunicado, grupo de funcionários decidiu abrir as portas e entregar as chaves da embaixada voluntariamente, bem como reconhecer Guaidó como legítimo presidente.

É a primeira vez que eles entraram na sede, ainda controlada pelo chavistas, desde que presidente Jair Bolsonaro aceitou as credenciais da equipe de Guaidó, no início do ano.

A diplomacia de Guaidó vinha tentando tomar o prédio e desalojar os funcionários enviados por Maduro – que não tem mais relacionamento diplomático com o Brasil.

Agora, eles pedem que os servidores de sete consulados venezuelanos no País façam o mesmo e garantem ajuda para deixar o Brasil, caso desejem.

A deputada federal Maria do Rosário afirmou, no Twitter, que foi impedida de entrar na embaixada.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro afirma que “ao que parece agora está sendo feito o certo, o justo”.

Polícia