Restabelecimento elétrico na Grande Florianópolis deve ser normalizado ao longo do dia

Menos de 24 horas depois do temporal que atingiu a Grande Florianópolis, o sábado (2) tem sido dia de limpeza, desbloqueio de vias e restabelecimento elétrico nas unidades consumidoras da Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina). Por volta das 11h30, mais de 11 mil imóveis continuavam sem luz. A previsão é que seja normalizado ao logo do dia.

De acordo com Pablo Cupani Carena, diretor de Geração, Transmissão e Novos Negócios da Celesc, rajadas fortes de vento, objetos lançados contra a rede, queda de galhos e de postes e queima de transformadores foram alguns dos problemas registrados que provocaram o desligamento elétrico do sistema, afetando até 200 mil unidades consumidoras na Grande Florianópolis.

Em entrevista à RICTV Record, Carena informou que a Celesc acionou equipes adicionais, que trabalharam ao longo da noite e continuam em uma força-tarefa durante todo sábado e, se necessário, até a madrugada de domingo (3). Segundo ele, pela manhã, cerca de 95% das unidades afetadas já haviam sido recuperadas e a previsão é para que o restante tenha o restabelecimento ainda hoje. Em casos mais pontuais e complexos, conforme Carena, a energia deverá voltar durante a madrugada ou no domingo. 

O Corpo de Bombeiros também continua atuando ao longo deste final de semana de maneira conjunta à Celesc. Segundo o coronel Cesar Assumpção Nunes, comandante da 1ª região do Corpo de Bombeiros, São José e Palhoça foram os municípios mais afetados. Em Florianópolis, também houve casos pontuais, como na Avenida do Antão, no Morro da Cruz, onde uma árvore obstruiu a via. 

Na Avenida do Antão, no Morro da Cruz, em Florianópolis, equipes fazem a remoção de uma árvore que caiu na via - Bruno Benetti/ND
Na Avenida do Antão, no Morro da Cruz, em Florianópolis, equipes fazem a remoção de uma árvore que caiu na via – Bruno Benetti/ND

Por volta das 20 horas desta sexta, a queda de uma placa de trânsito na BR-101, em São José, deixou duas pessoas feridas. A placa atingiu veículos que seguiam no sentido Sul, em frente à saída 207, e fez com que o trânsito na rodovia fosse interrompido. Na manhã de sábado, o tráfego já havia sido normalizado.  

Também foram registrados estrados nos bairros São Luiz, Roçado, Pró-Casa e Kobrasol. Segundo a Defesa Civil de São José, não há registro de outros feridos até o momento. No final da manhã, mais de 5 mil unidades consumidoras estavam sem luz no município. A maior parte, no bairro Barreiros.

Pelo menos 200 casas foram destelhadas e as equipes da Defesa Civil ainda estão na rua fazendo o levantamento dos estragos. Durante a tarde, começa o trabalho de entrega de lona e o cadastro das famílias de baixa renda que precisam reconstruir os telhados danificados com o vento forte.

* Com informações da RICTV Record

Placa caiu na BR-101, em São José - Diogo de Souza/ND
Placa caiu na BR-101, em São José – Diogo de Souza/ND

Região

Nenhum conteúdo encontrado