Roda de Rendeira: projeto fomenta empoderamento social de artesãs em Florianópolis

Roda de Rendeira - Acervo CNFCP fotógrafo Francisco Moreira/PMF/Divulgação ND
Projeto promove capacitação de artesãos de vários Estados  – Acervo CNFCP fotógrafo Francisco Moreira/PMF/Divulgação ND

A capital catarinense está recebendo o projeto Roda de Rendeira, curso de formação promovido pelo Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular do Rio de Janeiro. O programa tem por objetivo fomentar e capacitar artesãos que começaram o trabalho ainda em 2009 pelo projeto de artesanato tradicional, o Promoart, em parceria com a Prefeitura Municipal de Florianópolis, Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude, Fundação Cultural Franklin Cascaes e Casa dos Açores.

O encontro promove a troca de experiências com as artesãs de Florianópolis e fomenta o protagonismo empreendedor e o empoderamento social, com a elaboração de propostas de apoio ao escoamento de produção das comunidades. “Nossas rendeiras também estarão participando desta troca de conhecimento, importante para o desenvolvimento maior da Renda de Bilro”, complementa a Superintendente da Fundação Cultural Franklin Cascaes, Roseli Pereira.

Neste sábado (28), das 10h até as 16h, acontece no entorno do Mercado Público uma feira com artesãos desse projeto de intercâmbio cultural, das regiões de São Paulo, Santa Catarina, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Piauí e Paraíba.

Os grupos convidados são: Figureiros de Taubaté e Cerâmica de Apiaí,de São Paulo; Renda de Bilro de Alcaçuz, do Rio Grande do Norte; Mamulengos de Glória de Goitá, de Pernambuco; Boneca Esperança, da Paraíba; Renda de Bilro de Morros da Mariana, do Piauí; Pêssankas de itaiópolis e Rendeiras Florianópolis, de Santa Catarina.

Roda de Rendeira - (Fotos do Acervo CNFCP – fotógrafo Francisco Moreira)
Feira com artesãos do projeto promove intercâmbio cultural, no entorno do Mercado Público – (Fotos do Acervo CNFCP – fotógrafo Francisco Moreira)

Cidade