Roda gigante de Balneário Camboriú deve ficar pronta em 12 meses

BC Big Wheel terá 65 metros de altura e contará com 32 cabines climatizadas, que proporcionarão vistas panorâmicas da cidade e da orla

As obras para construção da roda gigante em Balneário Camboriú, BC Big Wheel, começaram nesta segunda-feira (30). A conclusão do empreendimento deve acontecer em até 12 meses.

Similar a de Londres, a roda gigante poderá operar em horário diferenciado, tornando uma opção para lazer noturno – Reprodução/RICTV

A medição do local e a supressão da vegetação iniciou ainda na semana passada. Superada esta fase, começou nesta segunda-feira (30), a montagem do tapume do canteiro de obras do empreendimento.

“A previsão é de começar a montar o equipamento em oito meses. Após isso, teremos três meses de montagem e mais um mês de testes. Chegando a 12 meses de cronograma”, esclarece os empreendedores Cícero Fidler, Ricardo Fidler e Erondi Roveda, sócios da BC Big Wheel Empreendimentos

A estrutura da roda gigante é fabricada no exterior. A sua base é produzida na China, as cabines são fabricadas na Holanda e os sistemas eletrônicos são feitos na Alemanha.

Toda essa estrutura virá para o Brasil em partes, para ser erguida em Balneário Camboriú e estar funcionando na temporada 2020/2021.

A BC Big Wheel terá 65 metros de altura e contará com 32 cabines climatizadas, que proporcionarão vistas panorâmicas da cidade e da orla, num passeio silencioso, limpo e seguro.

Leia também: 

A atração tem como local, uma área privada de 37.500 m2, no costão da Barra Norte, e contará com uma estrutura que se conecta ao deque do Pontal Norte , além de áreas de convivência, banheiros, segurança, iluminação e Wi-fi.

O parque prevê a construção de edificações de baixo impacto ambiental, utilizando menos de 1% da área total do terreno. O acesso ao local será público e deverá ser cobrado só o que for consumido.

Opção para o lazer noturno

Similar a de Londres, a roda gigante poderá operar em horário diferenciado, tornando uma opção para lazer noturno. O passeio deverá ficar entre R$ 20 e R$ 30.

O empreendimento deve gerar no mínimo, 40 empregos diretos e 40 vagas indiretas, e o grande potencial está no incremento turístico da BC Big Wheel, inclusive do Estado.

Será transformada 99% dos 37.500 m² em uma “Reserva Particular do Patrimônio Natural”. A área será destinada à conservação, pesquisa e estudo ambiental, contando com estrutura completa de trilhas ecológicas e mirantes que se conectam ao deque do costão do Pontal Norte.

Além disso, terá áreas de convivência, segurança, iluminação e wi-fi, com acesso ao público de forma gratuita. A manutenção será 100% custeada pela empresa.

Contrapartida ao município

Foram mais de 100 medidas mitigatórias firmadas entre o empreendimento e o Município de Balneário Camboriú.

As ações que vão desde contrapartidas, como por exemplo a vigilância e manutenção do deque do Pontal Norte, até o uso de lampadas especiais, para que a iluminação da Big Wheel não interfira na fauna local.

+

Notícias