Rompimento de cabos de fibra óptica é causa da pane de telefonia e internet

A GVT emitiu um comunicado oficial sobre a pane experimentada por usuários depois que um rompimento dos cabo de fibra óptica causou a queda dos serviços em pelo menos quatro estados do Brasil: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Usuários no Twitter reclamaram da situação, fazendo com que os nomes das empresas TIM e GVT fossem parar nos tópicos mais falados do microblog no País.

O atendimento da GVT afirmou a usuários pelo telefone 10325 que houve um problema com o backbone (espinha dorsal) da companhia no Estado de São Paulo, o que acarretou a queda dos serviços e os problemas de conexão enfrentados pelos usuários.

A Comunicação Corporativa da TIM confirmou que houve um ponto de rompimento na rota principal que liga SP a Curitiba. As duas rotas alternativas também apresentaram problemas (um ponto de rompimento em cada). Essas rotas são compartilhadas, por isso, outras operadoras também apresentam problemas. A transmissão de dados parte de Curitiba para os outros Estados do Sul e a rede de longa distância de dados é administrada por um fornecedor que, segundo a TIM, já está trabalhando nos reparos, mas não há previsão de quando o conserto estará feito.

Leia a íntegra do comunicado da GVT

“Clientes do serviço de banda larga da GVT nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul percebem lentidão ou dificuldade de acesso a determinados sites de internet desde o início da tarde.
 O serviço foi afetado depois que três pontos da rede de longa distância que faz a comunicação de dados para várias operadoras de telefonia e banda larga que operam na região foram rompidos.
Equipes do fornecedor responsável pela rede trabalham para restabelecer o serviço o mais breve possível.
 Clientes GVT podem esclarecer dúvidas pela Central de Atendimento pelo telefone 103 25.”

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Notícias