Saiba como gerar o mínimo de lixo durante a pandemia de coronavírus

Atualizado

Com grande parte da população isolada em casa, em função da pandemia do novo coronavírus, é natural que a quantidade de lixo aumente neste período. Por causa disso, a Comcap (Autarquia de Melhoramentos da Capital) divulgou orientações para que as pessoas reduzam a produção de lixo e preparem este material da melhor maneira para o descarte.

Coleta convencional (rejeito) está sendo operada em Florianópolis nos dias e horários usuais – Foto: Divulgação Comcap/PMF

Entre as orientações está manter os recicláveis (papel, vidro, metal e plástico) armazenados em domicílio. Se forem dispostos para coleta, serão recolhidos como rejeito, com destino para o aterro sanitário. O motivo, segundo a autarquia, é que as associações de triagem e a indústria da reciclagem não estão recebendo os materiais durante a pandemia, por motivo de segurança sanitária. Estes materiais devem ser limpos, dobrados e amassados para reduzir o volume e evitar vetores.

Leia também:

A Comcap está monitorando em tempo real a coleta de lixo para ajustar os roteiros às novas exigências. Com o distanciamento social, segundo a autarquia, os roteiros predominantemente residenciais aumentaram muito a geração de lixo. As equipes de garis e motoristas estão trabalhando em regime de emergência, com jornadas reduzidas.

A coleta convencional (rejeito) está sendo operada em Florianópolis nos dias e horários usuais. A coleta seletiva (recicláveis) está suspensa.

Orientações aos usuários:

  • Dispor apenas o rejeito (restos de alimentos, lixo sanitário e embalagens sujas) para a coleta. O mínimo que puder, sem desperdiçar alimentos;
  • Embalar o lixo em sacos resistentes e bem fechados;
  • Usar contentores, onde são obrigatórios, para evitar o contato do gari com o lixo;
  • Dispor o lixo na rua apenas uma hora antes da passagem do caminhão de coleta, evitando a ação de vetores de doença;
  • A coleta convencional noturna desde esta quarta (25) passou a ser antecipada em uma hora, sendo feita às 19h até que seja restabelecida a coleta seletiva;
  • Os recicláveis (papel, vidro, metal e plástico) podem ser armazenados no domicílio, limpos, dobrados e amassados para reduzir o volume e evitar vetores. Se forem dispostos para coleta, serão excepcionalmente recolhidos como rejeito, com destino para o aterro sanitário, já que as associações de triagem e a indústria da reciclagem não estão recebendo os materiais durante a pandemia, por motivo de segurança sanitária.

Mais conteúdo sobre

Infraestrutura