Saída irregular de esgoto é lacrada no bairro Ingleses, em Florianópolis

Fossas com mau funcionamento podem contaminar cursos de água e o lençol freático

Uma saída irregular de esgoto foi lacrada no bairro Ingleses, em Florianópolis, nesta segunda-feira (18). Segundo a prefeitura do município, a ação ocorreu após uma denúncia e foi realizada por equipes da Secretaria Municipal de Habitação e Saneamento Ambiental, Vigilância Sanitária, Floram e do Programa Floripa Se Liga na Rede.

Prefeitura de Florianópolis/Divulgação

Saída de esgoto estava ligada diretamente à rede de drenagem

“O proprietário do imóvel foi autuado pela Vigilância Ambiental e também pela Floram e será multado. Lacramos a saída de esgoto que estava ligada diretamente à rede de drenagem, e vamos monitorar a situação para garantir que o proprietário corrija o problema”, explicou o secretário de Habitação, Domingos Zancanaro.

Ainda de acordo com a prefeitura, a moradora é locatária do imóvel há nove anos e afirmou desconhecer a irregularidade. Ela ainda disse que acreditava que a fossa instalada estivesse funcionando corretamente.

Segundo a autora da denúncia, Andreia Cardoso dos Santos, o problema não é recente. “Eu moro aqui há cinco anos, mas a minha já está aqui há quase 20 anos. É uma pena ver isso acontecer, porque além de fazer mal para a gente, acaba atrapalhando também quem vive do comércio e aluga imóveis, porque ninguém mais vai querer vir para cá”, disse.

A ação chamou atenção de moradores da área. “Esse trabalho que vocês estão fazendo é uma coisa maravilhosa. Pena que a multa tenha que ser utilizada, mas a solução deveria vir a partir da educação e conscientização das pessoas. Há muitos anos que temos esses problemas, e se não tomarmos uma providência urgente, daqui a alguns anos cadê os turistas e, pior, cadê os moradores? E onde vai parar nossa qualidade de vida?”, questionou Jerusa Firmino Roberge, que vive há 30 anos nos Ingleses.

Contaminação do lençol freático

O secretário Zancanaro afirmou que quando uma denúncia é recebida, fica mais fácil identificar os imóveis em situação irregular e agir de forma pontual. “A rede de drenagem acaba levando todo o efluente, regular e irregular, para os cursos de água – no caso, o rio e o mar. As fossas com mau funcionamento podem contaminar o lençol freático, que aqui é bem alto. Isso gera um grande problema de contaminação de água e compromete a saúde pública”, explicou.

Depois da operação, as equipes seguiram com revisitas, conferindo se adequações solicitadas foram rrealizadas. Em um condomínio, algumas pendências persistiam – caixa de gordura sem sifão e caixa de gordura sem manutenção e conectada à rede pluvial -, e a administração do imóvel foi notificada e multada.

Nesta terça-feira (19), as ações continuam e mais imóveis passarão por vistoria e serão revisitados pelo programa, adiantou a prefeitura.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...