Santa Catarina registra 16 mortes em decorrência da gripe A

Atualizado

De acordo com o último boletim divulgado pela Dive (Diretoria de Vigilância Epidemiológica), até o dia 14 de junho, pelo menos 16 mortes pelo vírus Influenza foram confirmadas em Santa Catarina. Foram três óbitos a mais do que na semana anterior. Do total de mortes, 14 foram por A (H1N1) e duas por A (H3N2). Joinville é a cidade com mais mortes (3).

No mesmo período, também foram constatados 129 (16,6%) casos da doença, sendo 108 pelo vírus A (H1N1), 18 pelo vírus A (H3N2), dois aguardando subtipagem e 1 pelo vírus Influenza B. São 23 casos a mais do que na semana anterior.

Confira os municípios com casos confirmados da doença

Chapecó – 21

Blumenau – 14

Joinville – 13 –

Florianópolis -12

Brusque – 7

Balneário Camboriú – 6

São José – 5

Coronel Freitas – 3

Itajaí- 3

Jaraguá do Sul – 3

Tubarão – 3

Canoinhas – 2

Cunha Porã – 2

Maravilha – 2

Pomerode – 2

São Bento do Sul – 2

Abelardo Luz – 1

Araquari – 1

Armazém – 1

Balneário Barra do Sul – 1

Biguaçu – 1

Botuverá – 1

Braço do Norte – 1

Camboriú – 1

Concórdia – 1

Criciúma – 1

Flor do Sertão – 1

Galvão – 1

Itaiópolis – 1

Jacinto Machado – 1

Lages – 1

Laguna – 1

Lauro Muller – 1

Luiz Alves – 1

Mondaí – 1

Navegantes – 1

Palhoça – 1

Penha – 1

São Francisco do Sul – 1

São João Batista – 1

Tijucas – 1

Timbó – 1

Tunápolis – 1

Turvo – 1

1 caso de paciente residente em São Paulo, mas que foi atendido em Santa Catarina.

Veja municípios com mortes confirmadas

Joinville – 3

Blumenau – 2

Chapecó – 2

Tubarão – 2

Balneário Camboriú – 1

Brusque – 1

Canoinhas – 1

Florianópolis – 1

Jaraguá do Sul – 1

São Bento do Sul – 1

São Francisco do Sul – 1

Cobertura Vacinal Gripe (atualizada 17.06.2019)

– crianças (6 meses a menores de 6 anos): 81,58
– gestantes: 73,06
– trabalhadores da saúde: 78,69
– mães até 45 dias após o parto: 93,63
– povos indígenas: 89,95
– idosos com 60 anos ou mais de idade: 101,58
– professores: 99,35
– portadores doenças crônicas e condições especiais: 75,93
– população privada de liberdade: 82,62
– funcionários do sistema prisional: 79,20
– profissionais das forças de segurança e salvamento: 41,25

Cobertura total: 86,72%

Mais conteúdo sobre

Saúde