Santa Catarina terá primeiro Laboratório de Ciências do Fogo do Brasil

Atualizado

O governador Carlos Moisés assinou na manhã desta sexta-feira (9) a destinação de um terreno no Sapiens Parque, em Florianópolis, para a construção do Laboratório de Ciências do Fogo, um instrumento de pesquisa, certificação, análise e capacitação para o CBMSC (Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina).

Será a primeira estrutura do tipo no Brasil e a segunda na América do Sul — hoje já existe uma no Chile.

Laboratório será apenas o segundo na América do Sul. O já existente, fica no Chile – combate_a_incendios_corpo_de_bombeiros__20190809_1137198631

“Vamos direcionar parte da área de terra do Sapiens Parque para que a gente possa abrigar o laboratório e melhorar as condições de trabalho, ensino e pesquisa do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina”, declarou o governador.

A assinatura foi realizada durante o ato de formatura e promoção de praças e oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, em Florianópolis.

Leia também:

Com o aval do governador, o próximo passo do CBMSC é definir os detalhes do projeto e iniciar a licitação para a obra. Na avaliação do comandante-geral, coronel Charles Alexandre Vieira, o novo espaço vai qualificar o trabalho de prevenção e melhorar a atuação dos bombeiros militares catarinenses.

“Era um desejo nosso já desde o ano passado, e agora seremos pioneiros no país. Com o Laboratório de Ciências do Fogo, poderemos fomentar a pesquisa junto às universidades, bem como certificar produtos, materiais, fazendo o ciclo completo de bombeiros. Hoje já fazemos prevenção, com vistorias em edificação, e agora poderemos certificar que aqueles produtos realmente atendem às especificações”, afirma Vieira.

Geral