Saúde divulga novos locais onde foram registrados casos suspeitos de sarampo em Joinville

Atualizado

A Secretaria da Saúde de Joinville divulgou, nesta quinta-feira (21), nova lista de locais onde foram registrados casos suspeitos de sarampo. Por isso, quem
frequentou algum desses espaços (lista abaixo) deve comparecer a um posto
de saúde para confirmar se já tomou ou não a vacina contra a doença.

A mobilização é fundamental para ampliar o bloqueio vacinal e evitar a
expansão da doença, alerta a secretaria. Uma pessoa imunizada evita que
outras 12 sejam contaminadas. A cidade vive um surto da doença, com 43
casos confirmados e outros 24 sendo investigados.

Sarampo é uma doença viral contagiosa e a única forma de prevenção é a vacina – Foto: Divulgação/ND

Você esteve em algum destes locais?
Dia 9/11 (sábado) – Festa Adore
Dia 10/11 (domingo) – Prova do Enem realizada nas universidades
Dia 12/11 (terça-feira) – Sessões de cinema da cidade
Dia 14/11 (quinta-feira) – Festa do Mandela
Dia 16/11 (Sábado) – Festa das Flores

Para quem está em dúvida se tomou a vacina, a orientação é checar a situação
em alguma das 55 unidades abertas na cidade. Os usuários devem levar a
Carteira de Vacinação, se tiverem, para facilitar a verificação. Caso não
tenham, a situação será conferida no sistema.

Fim de semana tem vacinação

Uma sala de vacinação estará aberta durante o fim de semana no Shopping
Cidade das Flores, das 14 às 21h. A UBSF Bucarein, na rua Inácio Bastos,
além do atendimento diário até as 21h, também funcionará aos sábados e
domingos, das 9 às 18h.

Dia D de vacinação contra o sarampo

No dia 30 de novembro, sábado, ocorre o Dia D de vacinação contra o
sarampo. As Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Joinville estarão abertas
das 8 às 16h. Vale para todas as pessoas entre 6 meses e 49 anos. Acima de
49 anos, quem teve contato com casos de sarampo ou suspeitos também deve verificar se está imunizado.

O que é o sarampo?

O sarampo é uma doença viral extremamente contagiosa. O vírus se espalha
facilmente pelo ar através da respiração, tosse ou espirros e pode ficar até
duas horas no ambiente. Os principais sintomas do sarampo são: febre, tosse, coriza, aparecimento de manchas vermelhas no corpo e olhos avermelhados.

Leia também:

STJ nega habeas corpus para acusado de matar Gabriella Custódio, em Joinville

Saúde