Seis pessoas são socorridas após ataque de abelhas em Palhoça, na Grande Florianópolis

Seis pessoas precisaram ser socorridas após sofrerem ataque de um enxame de abelhas no bairro Enseada do Brito, em Palhoça, no início da noite desta terça-feira (11). As vítimas foram duas mulheres, três crianças e um homem, que levou ao menos 100 picadas em todo o corpo e no rosto.

Conforme o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), por volta das 19h uma equipe voltava de outra ocorrência, quando se deparou com um tumulto de pessoas, e percebeu que elas estavam cercadas por abelhas. Eles pararam a ambulância e, imediatamente, prestaram ajuda. Um dos enfermeiros usou um extintor de incêndio para espantar os insetos.

Samu prestou atendimento às vítimas - Samu/Divulgação
Samu prestou atendimento às vítimas – Samu/Divulgação

O homem foi enrolado em um lençol e levado para a viatura, mas ainda assim as abelhas o seguiram. A equipe, no entanto, conseguiu retirá-las da área. Apesar de sofrerem menos picadas, as mulheres e as crianças tiveram um processo alérgico e receberam atendimento. O mais grave foi encaminhado ao Hospital Regional de São José

“Nossa viatura parecia um pronto atendimento”, descreveu o socorrista Aguiar. “Recebíamos as pessoas que passavam pelo local e que tinham tido contato com o enxame. Medicamos todos para evitar aglomerações na porta de entrada do hospital. A maioria foi atendida e liberada no local”.

Ainda conforme o Samu, como o atendimento foi rápido, ninguém ficou em estado grave. Mais duas ambulâncias prestaram apoio. O ataque ocorreu após os moradores da casa mexerem em um sofá na casa. O enxame estava dentro do móvel.

Homem levou ao menos 100 picadas - Samu/Divulgação
Homem levou ao menos 100 picadas – Samu/Divulgação

Região

Nenhum conteúdo encontrado