Senado aprova produção de equipamentos de proteção por universidades

O Senado aprovou nesta quinta-feira (28) o PL (Projeto de Lei) que autoriza as universidades federais a produzir equipamentos de proteção individual (EPIs) e outros aparelhos para combater a pandemia do novo coronavírus.

O texto segue para apreciação da Câmara dos Deputados – Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/ND

Conforme o PL, as instituições poderão fabricar, para fins de doação, itens como máscaras, respiradores e álcool em gel. O texto segue para apreciação da Câmara dos Deputados.

“Em muitas partes do país, o sistema de saúde já está em colapso, o que implica a morte também de pessoas acometidas de outras doenças. Além disso, milhões de brasileiros tiveram sua renda afetada em consequência da necessidade de respeito à quarentena”, disse o relator da matéria, Cid Gomes (PDT-CE), em seu parecer.

Leia também:

De acordo com o senador, nesse contexto, as universidades federais devem ser consideradas importantes aliadas do Poder Público e da sociedade no enfrentamento da emergência de saúde pública.

“Com efeito, é o que já tem ocorrido de norte a sul”, acrescentou.

Gomes afirmou que já existem iniciativas em várias universidades pelo país e citou a UFSC (Universidade de Santa Catarina), que desenvolveu o protótipo de um ventilador pulmonar, e a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), que trabalha no desenvolvimento de peças para respiradores artificiais e outros equipamentos para unidades de terapia intensiva (UTIs).

As universidades federais do Piauí (UFPI), do Ceará (UFCE) e do Acre (UFAC), dentre outras, também estariam trabalhando na produção de máscaras e outros equipamentos para hospitais.

Saúde