Servidores em greve da prefeitura de Florianópolis devem voltar ao trabalho, diz TJ

Tribunal deu prazo de 48 horas. Se descumprir a decisão, sindicato terá que pagar multa diária de R$ 50 mil

O TJ-SC (Tribunal de Justiça de Santa Catarina) determinou na tarde desta quinta-feira (3) que servidores em greve da prefeitura de Florianópolis voltem ao trabalho dentro de 48 horas para restabelecer serviços de saúde, educação e assistencial social. A ação contra a greve havia sido protocolada no início da tarde pela procuradoria-geral do município.

Marco Santiago/ND

Adesão à greve foi de 85% nesta quinta-feira, segundo sindicato

Entre os argumentos usados na ação estão falta de aviso prévio, paralisação dois meses antes da data-base e não comprovação de assembleia sobre o início da greve.

De acordo com o Sintrasem (Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Florianópolis), a adesão nesta quinta-feira, segundo dia de greve, foi de 85%. 

Se descumprir a decisão do TJ, o sindicato terá que pagar multa diária de R$ 50 mil.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Notícias

Loading...