Sidney Sabel retorna à Câmara para participar das articulações em favor da bancada governista

A definição dos nomes dos vereadores que formarão as quatro principais comissões técnicas do Legislativo domina os debates nas rodas políticas da cidade

DIVULGAÇÃO/ND

Novo destino. Sabel (de branco), que na foto cumprimenta Rodrigo Thomazi, deixou na quarta-feira a subprefeitura de Pirabeiraba para retornar à Câmara de Vereadores na próxima segunda-feira. Em seu lugar, foi nomeado o diretor-executivo Nelson Bansen

Comissões técnicas

dominam os debates

A definição dos nomes para formar as quatro principais comissões técnicas da Câmara de Vereadores de Joinville se intensificou nos últimos dias e provocou o retorno de Sidney Sabel (PP) ao Legislativo. Hoje, na festa de aniversário deputado federal Marco Tebaldi (PSDB), este promete ser o principal tema das conversas.

Integrante do bloco das “minorias”, Sabel vai retornar à Câmara para participar das articulações em favor da bancada governista. Ele garantiu à coluna permanecerá no cargo de vereador até terminar seu mandato. Com isso, Rodrigo Thomazi deixa o Poder Legislativo e não participará das comissões que irão analisar e votar a LOT (Lei de Ordenamento Territorial).

Clima acalorado  

Muitas reuniões e encontros já ocorreram em Joinville e uma delas terminou de forma acalorada. Foi em Piçarras, quinta-feira à noite, na residência de veraneio do vereador Fabio Dalonso (PSDB). De acordo com uma fonte da coluna, o vereador Sidney Sabel foi até lá conversar com Dalonso, certamente sobre as comissões técnicas.

Visita inesperada

Sabel telefonou para Udo Dölher (PMDB) para colocá-lo a par da posição de Dalonso. Como estava retornando de Florianópolis, o prefeito de Joinville decidiu participar pessoalmente da “reunião”. Testemunharam a conversa os secretários Bráulio Barbosa (Assistência Social), Marco Aurélio Braga (Comunicação) e o líder do governo, vereador Cláudio Aragão. “A distância entre Udo (Döhler) e Dalonso ficou ainda maior”, resumiu a fonte da coluna.

Sem comentários

Fábio Dalonso apenas confirmou a visita da “delegação” do prefeito e preferiu não comentar nada sobre a pauta do encontro. “Acho que só o prefeito está autorizado a falar sobre o que tratamos”, respondeu Dalonso. Os vereadores Cláudio Aragão e Sidney Sabel não retornaram as ligações até o fechamento da coluna.

César Castro/Divulgação/ND

Hilton José da Veiga Faria, presidente do Femusc, entrega a homenagem a Carlos Chiodini, em Jaraguá do Sul

Sócio benemérito

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável e deputado estadual licenciado, Carlos Chiodini, recebeu o título de sócio benemérito do Instituto Femusc (Festival de Música de Santa Catarina). A entrega ocorreu na noite da última quinta-feira. A honraria só foi entregue antes ao ex-governador e senador Luiz Henrique da Silveira, o ex-secretário de Turismo do Estado Gilmar Knasel e ao industrial jaraguaense Wandér Weege (Malwee).

Júlio Cavalheiro/Secom/Divulgação/ND

Os dois representantes de Joinville no secretariado de Raimundo Colombo, Simone Schramm (ADR) e Carlos Adauto Vieira (Assuntos Internacionais) acompanham a reunião do colegiado na última quinta em Lages. Sentaram na primeira fila

Dominó

Um ex-prefeito da região quase foi agredido durante uma partida de dominó. No “Bar do João Alegre”, o idoso ex-prefeito jogou uma pedra e depois mudou de lado para “fechar” o jogo. O adversário protestou e foi chamado de “mentiroso”. Durante a discussão, o dono do bar evitou que o ex-prefeito fosse agredido. O jogo não foi “fechado”. Foi terminado.

Todos os presidentes

Neste domingo, a Fundação Ippuj (Fundação Instituto de Pesquisa, Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável de Joinville) completa 25 anos de existência. A coluna faz uma homenagem ao citar seus ex-presidentes: Ariel Pizzolatti, José Carlos Vieira, Sérgio Golnick, Eduardo Miers, Murilo Teixeira de Carvalho, Norberto Sganzerla, Luiz Rogério Pupo Gonçalves, Geovah Amarante, Luiz Alberto de Souza e Roberta Schiessl. O atual presidente é Vladimir Constante.

Mural

– O desembargador Ricardo Roesler se despediu ontem (29) da coordenadoria do NCI (Núcleo de Comunicação Institucional) do Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

– O magistrado exerceu o cargo no biênio 2014-2016 e seu substituto é o também desembargador João Henrique Blasi. Ricardo Roesler atuou muito tempo em Joinville, onde foi presidente do Fórum.

– A 1ª Vara da Família da comarca de Joinville concluiu o trabalho de digitalização de acervo e está atualmente com 100% de seus processos físicos digitalizados.

– O trabalho foi coordenado pela servidora Rejane Furtado da Silva Godoi, chefe de cartório, que contou com a dedicação dos demais servidores daquela unidade e o apoio do gabinete do juiz Maurício Cavallazzi Póvoas.

Loading...