Sigilo Suspenso

Veículos de imprensa podem divulgar dados sobre ação envolvendo vereadores condenados

TRANSPARÊNCIA

O Ministério Público Eleitoral comemora a decisão do juiz Marcelo Peregrino Ferreira, que suspendeu o sigilo das investigações contra os três vereadores e dois suplentes condenados em primeira instância pela Justiça Eleitoral de Blumenau.  A decisão garante aos veículos de imprensa liberdade para fazerem seu trabalho.

MARCADOS

A decisão foi tomada por unanimidade pelo TRE,  no dia 15 de julho, encerrando uma polêmica jurídica questionada logo em dezembro, quando estourou o escândalo contra os vereadores e suplentes. Ainda bem. Eles não são mais réus, foram condenados. Cabe recurso, mas já tiveram um primeiro julgamento oficial.

NOMES E PARTIDOS

Os condenados são: Fábio Fiedler, Robinho, Almir Vieira, Célio Dias e Braz Roncáglio. Os dois últimos filiados ao PR e os demais ao PSD. Todos ligados à administração anterior.

PICO DE AUDIÊNCIA

O julgamento poderá ser assistido pela internet, através do You Tube. A expectativa do MPE é que o julgamento aconteça ainda em agosto. O colega Roberto Azevedo, em sua coluna no ND ON LINE, informou que deve demorar mais, talvez entre setembro e outubro.