Sinais sonoros facilitam a travessia de deficientes visuais nas ruas de Florianópolis

Atualizado

Diversos pontos da Capital receberão equipamentos de sinais sonoros para aumentar a segurança e a acessibilidade na travessia de pedestres com deficiência visual. A prefeitura adquiriu 100 equipamentos que serão espalhados em até 25 pontos de Florianópolis.

Equipamento sonoro na faixa de pedestre, em Florianópolis – Reprodução/RIC TV

“A prefeitura vai espalhar essa sinalização por toda a cidade. Tanto na região Central, Continental, Norte, Sul, Leste e Oeste da Ilha”, comentou o Coordenador de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência em Florianópolis, Alexandre Farias Lus.

A faixa de pedestre entre o terminal Rita Maria e o Ticen foi o primeiro ponto que recebeu o equipamento sonoro. A prefeitura vai investir em campanhas publicitárias para divulgar e orientar o público sobre o uso do equipamento.

“A Associação Catarinense e Integração do Cego já faz treinamentos com as pessoas com deficiências visuais. Existe um professor de mobilidade que faz o acompanhamento de orientação”, comentou o Coordenador.

Além do equipamento, pisos táteis orientam até o equipamento sonoro. Chegando no local, o pedestre deve acionar o botão, que dará as coordenadas necessárias de acordo com o trânsito do momento. O equipamento, que é exclusivo para pessoas com deficiência visual, não antecipa a travessia, apenas avisa o momento em que o pedestre poderá atravessar em segurança.

Além do sinal sonoro, o equipamento conta com uma placa com orientações escritas em braile. A iniciativa deste projeto é uma parceira da Associação Catarinense e Integração do Cego com a Prefeitura de Florianópolis. Por enquanto, a medida ainda está em fase inicial, mas logo deve ser implantada por toda a cidade.

Mais conteúdo sobre

Infraestrutura