Sobe para 1.050 o número de casos de dengue confirmados em Santa Catarina

Local de maior risco de transmissão é Pinhalzinho, onde há 725 casos autóctones

Desde o começo do ano até o dia 5 de março, Santa Catarina já teve 1.050 casos de dengue confirmados, conforme o último boletim atualizado da DIVE (Diretoria de Vigilância Epidemiológica). Há outros 1.379 casos em investigação.

Divulgação/ND

O mosquito Aedes aegypti é o transmissor das três doenças

Segundo a divisão, 86% do total das confirmações foram de casos autóctones, ou seja, contraídos dentro de Santa Catarina. Até agora, foi confirmada a transmissão da dengue em 17 municípios do Estado.

O local mais crítico continua sendo Pinhalzinho, onde se concentram 725 casos. A taxa de incidência da doença na cidade é de 3,8 mil casos para cada 100 mil habitantes. A OMS (Organização Mundial da Saúde) considera epidemia quando a transmissão é igual ou superior a 300 casos por 100 mil habitantes.

Depois de Pinhalzinho, os municípios que apresentam as maiores taxas de incidência da doença são Serra Alta (362 para cada 100 mil) e Descanso (305 para cada 100 mil). 

Em 2016, já foram identificados 2.647 focos do mosquito Aedes aegypt em 109 municípios catarinenses. Neste mesmo período em 2015, tinham sido identificados 2.329 focos em 76 municípios.

Febre Chikungunya

O boletim da DIVE também consta nove casos confirmados de febre chikungunya em Santa Catarina até o momento, sendo oito importados e um com local de origem ainda indeterminado. Há outros 153 em investigação.

Os casos confirmados estão em Blumenau, Brusque, Descanso, Jaborá, Joinville, Penha e Porto União. As contaminações ocorreram na Bahia, Pernambuco, Sergipe e Rio de Janeiro.

Zika Vírus

Santa Catarina também tem, até agora, 13 caos de zika vírus e 62 ainda estão sendo analisados. Todos os casos confirmados são importados e foram identificados em Belmonte, Braço do Norte, Brusque, Camboriú, Florianópolis, Ipuaçu, Luiz Alves, Paraíso, São João do Sul, Videira e Xanxerê. Os prováveis locais de infecção foram os estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Rondônia, São Paulo e Sergipe.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...