Socorrista de ambulância morre atropelado durante atendimento

Atualizado

Um socorrista de ambulância de 45 anos morreu atropelado enquanto atendia vítimas de um acidente, na BR-262, na altura de Pará de Minas, a 86 km de Belo Horizonte, nessa sexta-feira (15).

Moraes também tinha uma empresa de publicidade – Foto: Reprodução/Facebook

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o socorrista Cláudio Moraes auxiliava o motorista do carro batido quando outro veículo que tragava pela rodovia perdeu o controle, atingindo o atendente, o motorista acidentado, a ambulância e o carro de passeio que já estava parado no local.

Um helicóptero do Corpo de Bombeiros levou Moraes para o Hospital João 23, a maior unidade de saúde do Estado, em Belo Horizonte, mas o profissional não resistiu aos ferimentos.

Leia também:

Ainda segundo a corporação, o motorista do primeiro carro que estava sendo atendido teve ferimentos leves e foi encaminhado para o Hospital de Pronto Socorro Nossa Senhora da Conceição, em Pará de Minas. A mulher e o filho da vítima, que estavam no veículo, não ficaram feridos.

O condutor do carro que atingiu a ambulância e o socorrista também não se machucou. Uma mulher que estava com ele foi levada com lesões leves para a unidade de saúde de Pará de Minas.

Em nota, a Triunfo Concebra, concessionária que administra a rodovia, lamentou a morte do socorrista Cláudio Moraes e pediu para que os motoristas se atentem à sinalização para evitar outros acidentes como este.

Moraes também tinha uma empresa de publicidade em Igarapé, na Grande BH, onde ele deve ser enterrado nesse sábado (16).

Mais conteúdo sobre

Trânsito