Suspeito de esfaquear mulher na frente do filho em Joinville, é detido no Paraná

A tentativa de homicídio ganhou grande repercussão pela cena do filho da vítima e um cachorrinho ao seu lado aguardando por socorro. Sueli Padilha continua hospitalizada, entre a vida e a morte

Divulgação/Sgt Valdemir/2ª Cia do 8º BPM/ND

Cachorrinho Bob, que presenciou agressão a Sueli, demonstra sua preocupação

Foi preso na noite desta sexta-feira, em Cascavel (PR), o homem suspeito de esfaquear a companheira na frente do filho de dois anos e oito meses em Joinville. A tentativa de homicídio contra Sueli Padilha, 36 anos, ganhou maior repercussão ainda porque além da criança, um cachorrinho da vizinhança que ela ajudava a cuidar ficou todo o tempo ao seu lado, enquanto ela, estendida na rua e sangrando, aguardava por socorro, em uma cena que emocionou até mesmo os socorristas que a atenderam. O crime aconteceu no bairro Comasa, na noite de 21 de janeiro de 2016.

:: Mulher é esfaqueada na frente do filho e o cachorro de estimação acompanha o resgate, em Joinville

A equipe da delegada Tânia Harada, da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso estava há alguns dias monitorando o suspeito e finalmente conseguiu capturá-lo.

A vítima continua hospitalizada na UTI do Hospital Municipal São José, em estado gravíssimo. Este foi o segundo crime passional registrado neste ano em Joinville que a Polícia Civil conseguiu solucionar com sucesso. Na quinta-feira, foi preso um adolescente acusado de matar uma técnica de enfermagem do Hospital São José. Ele confessou que recebeu R$ 1 mil pelo serviço.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Notícias

Loading...