Suspeito de invadir escola e atacar alunos com machado é detido no Rio Grande do Sul

Um suspeito de ser o autor do ataque ao Instituto Estadual de Educação Assis Chateaubriand, em Charqueadas, no Rio Grande do Sul, foi detido por volta das 16h30 desta quarta-feira (21).

De acordo com informações do tenente Carvalho, da Brigada Militar de Charqueadas, trata-se de um adolescente de 17 anos, que foi apreendido e já prestava depoimento aos policiais.

Seis pessoas ficaram feridas após invasão do homem à escola – Patrick Vieira/Gazeta Mineira São Jerônimo/ND

O ataque, que aconteceu no início desta tarde, por volta das 13h30, deixou seis alunos da escola feridos. Os estudantes sofreram cortes na cabeça, braços, mãos, costas e pernas, e foram encaminhados para o hospital. De acordo com a Brigada Militar, todos já foram liberados.

Além de invadir a escola portando um machado, o suspeito ainda estaria com uma espécie de coquetel molotov.

Conforme o chefe do Corpo de Bombeiros Voluntários, Maurico Naatz, o jovem também espalhou o combustível por uma das salas e tentou causar um incêndio golpeando um painel eletrônico.

Leia também:

Após surgirem boatos de que o autor do ataque seria um ex-aluno da escola, a coronel Bianca Burger, responsável pelo Comando Regional de Policiamento Ostensivo (CRPO) Centro-Sul, afirmou que o suspeito não estudou na instituição de ensino.

O ataque fez com que o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), interrompesse uma viagem que fazia ao Uruguai para retornar ao Estado e acompanhar o caso.

Em nota, a Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul afirmou que nenhuma das vítimas sofreu ferimentos graves e também diz que o vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior, e o secretário da Educação, Faisal Karam, foram até o município prestar auxílio às vítimas.

Confira a nota na íntegra:

O vice-governador e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior, e o secretário da Educação, Faisal Karam, estão no município de Charqueadas, na Região Carbonífera do RS, para acompanhar in loco as investigações e buscas ao responsável pelo fato criminoso ocorrido no Instituto Estadual Educacional Assis Chateaubriand.

A Secretaria da Saúde do Estado fez contato com Secretária da Saúde de Charqueadas colocando-se à disposição para auxiliar no que for necessário.
Em princípio, nenhuma das vítimas sofreu ferimentos graves. Outras informações serão repassadas à imprensa no local assim que possível.

Polícia