Suspeito de matar homem asfixiado e colocar fogo em casa em São Francisco do Sul é preso

Atualizado

Um homem de 32 anos foi preso temporariamente por homicídio doloso qualificado e incêndio nesta quarta-feira (6), em Sorocaba, no interior de São Paulo. Ele é suspeito de ter assassinado André Luiz Mariano, de 42 anos, e depois ter colocado fogo em uma casa no Centro Histórico de São Francisco do Sul, no Litoral Norte catarinense.

Homem foi encontrado morto em uma casa no Centro Histórico da cidade – Foto: Bombeiros Voluntários/Divulgação

O crime ocorreu na madrugada do dia 9 de setembro. Por volta da 1h, a polícia foi acionada para atender um incêndio numa casa abandonada e que geralmente era ocupada por moradores de rua.

Durante o combate as chamas, a polícia encontrou o corpo da vítima. Segundo a Polícia Civil, ela apresentava escoriações e queimaduras superficiais que não eram suficientes para leva-la ao óbito. Ou seja, segundo a investigação, André teria sido assassinado antes do incêndio.

“O resultado do laudo pericial cadavérico confirmou que a linha de investigação inicial estava correta. De fato a causa da morte não decorreu do incêndio e sim de agressões anteriores sofridas pela vítima. A partir da confirmação pericial, o trabalho de investigação foi intensificado.”, informou o delegado Rafaello Ross.

Durante a elaboração do inquérito, a polícia identificou que o suspeito na morte seria um morador de rua e o que o crime foi motivado após uma briga entre os dois. Após matar a vítima asfixiada, o homem teria colocado fogo na casa para ocultar o homicídio.

Depois de ter a prisão temporária decretada, o homem foi detido nesta quarta na cidade paulista. Ele deve ser transferido nos próximos dias para Santa Catarina, onde ficará a disposição da justiça.

Leia também:

Polícia