Suspeito de participar de chacina em Araquari é preso

Atualizado

Mais de três meses depois da chacina que deixou cinco mortos e dois feridos em Araquari, no Norte do Estado, a Polícia Civil localizou e prendeu, na manhã desta quinta-feira (26), um foragido suspeito de ter participado na ação, no dia 6 de dezembro de 2019.

Crime aconteceu durante a tarde e cinco pessoas morreram no local – Foto: Ricardo Alves/NDTV

A prisão aconteceu durante diligências de policiais que investigavam um suposto local de receptação de produtos furtados. Durante as rondas, os policiais identificaram o suspeito foragido em uma casa que já havia sido denunciada por ser ponto de tráfico de drogas.

O suspeito foi identificado durante a abordagem, preso, encaminhado à delegacia para formalizar a prisão por tráfico de drogas. Depois, ele foi encaminhado à UPA (Unidade Prisional Avançada) de São Francisco do Sul. Com o suspeito, que também é investigado por envolvimento com tráfico de drogas e organização criminosa, além dos homicídios, a polícia encontrou dinheiro e drogas.

Antes da prisão desta quinta-feira, a Polícia Civil de Araquari já havia prendido outros suspeitos da chacina. De acordo com as investigações, 10 pessoas participaram do crime. Durante a operação Narcos, quatro haviam sido presos e outros foragidos foram localizados e detidos durante as investigações. O inquérito foi concluído no dia 11 de fevereiro e apontou que a chacina foi motivada por disputa dentro de uma facção criminosa que atua na cidade.

Leia também:

Homem é baleado em frente de casa em Joinville

Mais conteúdo sobre

Polícia