Suspeito de roubar R$ 100 mil em joias é condenado no Norte de SC

Atualizado

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina manteve a condenação de um homem acusado de assaltar uma casa e manter os moradores em cárcere privado por 40 minutos, em Joinville, no Norte de Santa Catarina. A decisão foi confirmada pela 5º Câmara Criminal do TJ.

Homem foi condenado a sete anos de prisão em regime fechado – Divulgação/ND

O crime aconteceu em março de 2013. O homem, com a ajuda de um menor de idade, levou joias avaliadas em R$ 100 mil, além de diversos equipamentos eletrônicos, cartões de crédito, talonários de cheques e passaporte. Na fuga, os suspeitos também roubaram o carro da família.

O homem foi condenado a sete anos e seis meses de prisão em regime fechado. Durante o processo, o réu chegou a pedir a absolvição da condenação, alegando que não havia provas suficientes contra ele.

Leia também:

Segundo a desembargadora Cinthia Beatriz Bittencourt, no entanto, o fato de as vítimas terem reconhecido o suspeito durante as investigações impediram uma maior análise sobre o pedido de absolvição.

Além disso, o acusado teve a redução da pena prejudicada, por causa da “multirreincidência específica do réu e dos danos morais e materiais impingidos às vítimas”. A decisão foi unânime.

Justiça