Tempestade com granizo chega forte e causa estragos em Santa Catarina

Atualizado

A previsão do tempo acertou. As tempestades previstas para atingir Santa Catarina a partir da tarde desta quinta-feira (12) chegaram e já contabilizam estragos.

Até as 15h30, havia registros de granizo intenso em Florianópolis, São José e Palhoça.

Estrutura foi arremessada no Pedra Branca, em Palhoça – Foto: Divulgação/ND

Na Via Expressa, motoristas chegaram a parar o carro no estacionamento de um supermercado para esperar a diminuição do granizo. A cena comum foi de condutores avaliando os danos das pedras aos automóveis.

Leia também

No Pedra Branca, em Palhoça, uma estrutura de cobertura foi arremessada para a rua com a força do vento. Ainda no município, houve destelhamentos e carros atingidos por materiais que voaram em via pública.

Na Capital e em São José há pontos de alagamentos, entre eles no bairro Estreito, perto da ponte Pedro Ivo. No Continente Shopping houve queda de luz e chuva dentro do espaço.

No bairro Forquilhinhas, em São José, houve destelhamentos, postes de luz caíram na rua, além de alagamentos pontuais.

O Corpo de Bombeiros informou que há equipes em deslocamento para atender as ocorrências.

Balanço

Segundo Luiz Eduardo Machado, diretor da Defesa Civil de Florianópolis, não houve registros de ocorrências graves no município por causa da tempestade. No Morro do Horácio, na região central, houve queda de um poste.

Conforme o Corpo de Bombeiros, nos outros municípios da Grande Florianópolis também não houve incidentes graves.

A corporação registrou chamados em São José, Palhoça e Governador Celso Ramos, por problemas relacionados ao fornecimento de energia elétrica. Também houve relatos de quedas de árvore.

Alagamento em São José – Foto: Divulgação/ND

Veja imagens da tempestade

Granizo em São José:

Granizo em Palhoça:

Granizo em Florianópolis:

Tempestade com granizo chega forte e causa estragos em Santa Catarina

Rua alagada no bairro Flor de Napólis, São José - Divulgação/ND

Rua alagada no bairro Flor de Napólis, São José - Divulgação/ND

Danos em Forquilhinhas, São José - Divulgação/ND

Danos em Forquilhinhas, São José - Divulgação/ND

Ruas ficaram alagadas no Kobrasol, São José - Luis Antônio de Souza/Divulgação/ND

Ruas ficaram alagadas no Kobrasol, São José - Luis Antônio de Souza/Divulgação/ND

Tempestade também causou estragos em Palhoça - Elza Luchi/Divulgação/ND

Tempestade também causou estragos em Palhoça - Elza Luchi/Divulgação/ND

Carro danificado em Palhoça - Elza Luchi/Divulgação/ND

Carro danificado em Palhoça - Elza Luchi/Divulgação/ND

Além disso, a chuva também derrubou o telhado de algumas casas, em Palhoça - Elza Luchi/Divulgação/ND

Além disso, a chuva também derrubou o telhado de algumas casas, em Palhoça - Elza Luchi/Divulgação/ND

Em São José, na Grande Florianópolis, a chuva começou por volta das 15h. Mesmo rápida, o alto volume foi o suficiente para alagar algumas regiões, como no bairro Kobrasol - Divulgação/ND

Em São José, na Grande Florianópolis, a chuva começou por volta das 15h. Mesmo rápida, o alto volume foi o suficiente para alagar algumas regiões, como no bairro Kobrasol - Divulgação/ND

Na saída do bairro Estreito, sentido Ponte Pedro Ivo Campos, também estava alagada após o temporal - Divulgação/ND

Na saída do bairro Estreito, sentido Ponte Pedro Ivo Campos, também estava alagada após o temporal - Divulgação/ND

Estruturas cederam no Pedra Branca, Palhoça - Divulgação/ND

Estruturas cederam no Pedra Branca, Palhoça - Divulgação/ND

Forte chuva danificou casas no bairro Forquilhinhas, em São José - Divulgação/ND

Forte chuva danificou casas no bairro Forquilhinhas, em São José - Divulgação/ND

Mais conteúdo sobre

Tempo