Termina greve de servidores de Florianópolis após acordo com a prefeitura

Atualizado

Chegou ao fim a greve dos servidores de Florianópolis. A paralisação, que teve início à meia-noite da última quarta-feira (12), foi finalizada após decisão dos trabalhadores em assembleia na tarde desta segunda-feira (17).

Eles aceitaram a proposta da prefeitura, feita durante uma mesa de negociação realizada nesse domingo (16).

Algumas instituições de educação e de saúde tiveram atividades paralisadas na última quarta-feira (12) – Reprodução/Facebook

Após negociação da data-base, a administração municipal acertou a reposição da inflação aos servidores. Serão 2,5% pagos em junho e 2,5% a serem pagos em dezembro.

Também ficou acordada a realização de concurso público e aplicação do Plano de Cargos e Salários em setembro, entre outras melhorias funcionais e sociais dos servidores.

“Importante frisar que os acordos estão sujeitos ao limite legal da lei de responsabilidade fiscal”, destacou a prefeitura, em nota.

Segundo o prefeito Gean Loureiro, houve responsabilidade e bom senso em ambos os lados da negociação, com transparência dos números e também permitindo que os investimentos previstos para a cidade possam continuar.

“Os servidores sabem do esforço realizado, pela gestão e por eles também, até por termos recebido os salários atrasados no início de 2017”, disse o prefeito.

Confira o que ficou acordado com a prefeitura, segundo o sindicato:

  • Pagamento da inflação de 5,07% do INPC em duas parcelas (2,5% a ser pago em junho, e 2,5% em dezembro);
  • Aumento de R$ 1 no vale-alimentação e R$ 1 no vale-lanche;
  • Pagamento do piso nacional do magistério;
  • Pagamento de 20% do PCCS (Plano de Cargos, Carreiras e Salários) do quadro civil;
  • Realização de concurso público para o município, com cerca de 90 funções;
  • Abertura de comissão para avaliar implantação de sistema de acreditação e lista de pacientes na saúde;
  • Reposição dos materiais pedagógicos, entre outros itens.

Mais conteúdo sobre

Geral