Totem com logo da Polícia Militar gera curiosidade em Florianópolis

Atualizado

Quem passa pela região de Jurerê e Jurerê Internacional, no Norte da Ilha, tem notado que há, em alguns pontos, totens de segurança da Polícia Militar.

Atualmente há um ponto em frente a um supermercado na rodovia Maurício Sirotsky Sobrinho, em Jurerê, outro na Alameda César Nascimento, também em Jurerê, e um terceiro na rua dos Robaletes, em Jurerê Internacional.

Totem instalado na Alameda César Nascimento – Foto: Polícia Militar/Divulgação

De acordo com a PM, as estruturas foram colocadas e bancadas pelas associações de moradores da região.

Adaptação e botão do pânico

Há cerca de três meses, os totens foram colocados para evitar danos ambientais (como descarte irregular de lixo) e depredação de patrimônio público.

“Como o totem ia ficar em via pública e tinha câmera, aproveitamos para aliar junto às associações a questão da segurança pública”, explicou o capitão Sued Dias Oliveira, do 21° BPM.

O aparelho possui uma câmera 360° de alta definição, e transmite as imagens exclusivamente para o batalhão, que possui uma equipe de monitoramento por 24h.

“Há um convênio com a Secretaria de Segurança Pública através da empresa que colocou esse totem. Com ela conseguimos fazer a prevenção de delitos via imagens”, acrescentou o capitão.

Ainda segundo Oliveira, o aparelho desencoraja a ação de vândalos e evita furtos e roubos, funcionando como um incremento para a segurança da população.

Conforme a PM, há intenção de futuramente adicionar uma nova funcionalidade ao totem, o botão do pânico. Em casos de emergência, o solicitante poderá conversar diretamente com o observatório comunitário do batalhão. Ainda não há prazo para o projeto.

Novos locais em Florianópolis

Segundo a PM, a ideia é instalar equipamentos como estes em outros locais de Florianópolis.

“Está sendo feito o estudo para eles serem colocados no bairro João Paulo e Ingleses. Eles ainda não estão efetivamente instalados, mas há, sim, a intenção”, disse Oliveira, sem citar datas.

Mais conteúdo sobre

Polícia