Trabalhadores da Ceasa, Cidasc e Epagri aprovam indicativo de greve nesta quinta-feira

Trabalhadores da Ceasa (Centrais de Abastecimento do Estado de Santa Catarina), Cidasc (Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina) e Epagri (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina), representados por 11 sindicatos, aprovaram indicativo de greve nesta quinta-feira (17).

Assembleia Geral Unificada realizada pelo Sindaspi/SC nesta quinta-feira - Sindaspi/SC/Divulgação/ND
Assembleia Geral Unificada realizada pelo Sindaspi/SC nesta quinta-feira – Sindaspi/SC/Divulgação/ND

Eles rejeitaram a proposta apresentada pelo governo do Estado de reposição zero nos salários e no valor de benefícios sociais. Segundo a categoria, a proposta “permite retrocessos nas relações de trabalho”.

Segundo nota divulgada pelo Sindaspi/SC (Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Assessoramento, Perícia, Pesquisa e Informações de Santa Catarina), os trabalhadores entenderam a proposta como “descaso e desvalorização”. Além de não abrirem mão de cláusulas de garantia de emprego até 2020, eles demandam ajustes no plano de carreiras, cargo e salários, e rechaçam a flexibilização de direitos. A categoria também exige o comprometimento do governo com o fortalecimento das empresas e com a majoração no valor destinado às políticas públicas no setor, partindo dos atuais 2,7% para, no mínimo, 4% ou 5%.

Estado