Trecho da marginal Pinheiros lidera assaltos a passageiros em SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O trecho sul da avenida das Nações Unidas (marginal Pinheiros), na zona sul, foi a via da capital com o maior número de assaltos no transporte coletivo no primeiro semestre deste ano.

Dados obtidos pela reportagem via Lei de Acesso à Informação mostram que a área do 11º DP (Santo Amaro) teve 77 registros desse tipo de crime no período e na Nações Unidas foram 41.

O trecho da Nações Unidas que concentra quase a totalidade das ocorrências fica entre a altura do número 14.000 e a avenida Interlagos.

Trata-se do lado interno da marginal Pinheiros, próximo ao centro expandido.

RESPOSTA DO GOVERNO DE SP

A Secretaria Estadual de Segurança Pública, sob a gestão de Márcio França (PSB), diz que os registros de roubos a transporte coletivo apresentaram queda de 48% na capital e 20% na região da 6ª Seccional no primeiro semestre de 2018 em comparação ao mesmo período de 2017.

“Os dados comprovam que as polícias têm atuado preventivamente. Na capital, o número de casos de roubos em geral apresentou, em maio deste ano, a 10ª queda consecutiva”, afirmou a secretaria, em nota.

Segundo a pasta, toda a dinâmica criminal é alvo de análise constante por parte das polícias Civil e Militar e ambas têm diversas ferramentas de inteligência para acompanhar e monitorar tendências criminais.

“Com base nesses dados, operações policiais são desenvolvidas em todos os bairros da capital para prevenir e reprimir os crimes”, diz.

A secretaria afirma que a PM vai intensificar o policiamento já realizado nas regiões citadas com motos e viaturas em locais estratégicos, além de fortalecer operações como Direção Segura, entre outras.

O SPUrbanuss, que representa parte das empresas de ônibus, diz que procura comunicar às autoridades sobre esse tipo de ocorrência, tem interesse em colaborar para acabar com os crimes e que é importante os passageiros também notificarem a polícia em caso de roubo.

Mais conteúdo sobre

Jornalismo