Três parlamentares do Reino Unido deixam Partido Conservador, da premiê May

Três parlamentares pró-Europa deixaram o governista Partido Conservador, do Reino Unido, para se unir ao centrista Grupo Independente, formado recentemente por legisladores contrários à condução do processo de saída da União Europeia (Brexit) pelo governo.

As deputadas Anna Soubry, Heidi Allen e Sarah Wollaston anunciaram nesta quarta-feira que se unirão ao grupo, que já conta com oito parlamentares que eram do Partido Trabalhista, de oposição.

Os rebeldes do Partido Trabalhista abandonaram a sigla por divergências com seu líder, Jeremy Corbyn. Eles acusam Corbyn de fazer uma oposição fraca aos planos da premiê Theresa May para abandonar a União Europeia e também por suposto antissemitismo da sigla.

Os deputados que romperam com suas siglas agora esperam apoio de mais parlamentares pró-Europa, a fim de criar uma nova força centrista na política britânica.

A saída de três parlamentares reduz a já diminuta maioria da premiê no Parlamento. Segundo eles, a questão do Brexit redefiniu o Partido Conservador no país. Fonte: Associated Press.

Mundo