Tubarão decreta estado de calamidade pública após temporais

Número de municípios atingidos sobe para 64, confirma Defesa Civil estadual

Tubarão foi um dos municípios mais afetados pelos temporais em Santa Catarina - James Tavares/Secom/Divulgação
Tubarão foi um dos municípios mais afetados pelos temporais em Santa Catarina – James Tavares/Secom/Divulgação

O prefeito de Tubarão, Olavio Falchetti, decretou estado de calamidade pública no município na tarde desta sexta-feira (21). Segundo a prefeitura, que já havia declarado situação de emergência, o decreto foi feito pela extensão dos estragos que estão sendo identificados. Tubarão foi atingido por um forte temporal no domingo (16).

Até as 18h, a Defesa Civil estadual ainda não havia recebido o documento, para que então seja homologado. Após esse processo, a União também precisa reconhecer o decreto, para que o município receba recursos federais para a recuperação dos estragos.

O documento emitido pelo prefeito cita a ocorrência de rajadas de vento de mais de 200 km/h, além de chuva intensa. Entre os danos, são listados a morte de uma pessoa – uma criança atingida por uma árvore -, mais de 200 feridos, danos materiais e ambientais, prejuízos a unidades de saúde, educação, secretarias, gabinete, entre outros.

“Todo o município permaneceu a noite toda sem energia elétrica, sem o sistema de telefonia fixa e móvel, e nos dias seguintes vários bairros ainda permaneceram sem energia e telefonia, várias famílias desalojadas e desabrigadas”, detalha o decreto, ao acrescentar que os danos nos imóveis foram generalizados, com destelhamentos, danos estruturais, em equipamentos e mobílias, além de alguns estabelecimentos terem perda total.

Sobe número de municípios afetados

Em boletim divulgado no início da noite desta sexta, a Defesa Civil estadual atualizou para 64 o número de municípios atingidos pelos eventos climáticos que tiveram início no fim de semana. Segundo o órgão, no total são quatro mortes, 41 feridos, 28 desabrigados, 3621 desalojados, 134.104 afetados, 5.268 casas atingidas e 118 instalações públicas.

A Defesa Civil do Estado recebeu, até o momento, quatro decretos de situação de emergência, de Tubarão, Fraiburgo, Capivari de Baixo e Pedras Grandes.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Notícias

Loading...