Turista encontrado morto em praia de Jaguaruna pode ter sido vítima de homicídio

A Polícia Civil investiga a possibilidade de que o jovem de 22 anos encontrado morto em praia de Jaguaruna, no Sul do Estado, tenha sido vítima de homicídio.

Jonathan Rodrigo Camejo foi encontrado sem vida na praia de Balneário Garopaba do Sul, nas primeiras horas dessa quinta-feira (26).

Natural de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, Jonathan passava as férias com a família em Jaguaruna – Foto: Reprodução Rede Social/ND

Jonathan era natural de Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Ele estava na cidade a turismo.

Conforme o delegado Lucas de Sá Rezende, a vítima foi caminhar na praia por volta das 17h do dia anterior. Após horas sem retornar, o corpo dele foi encontrado na faixa de areia.

Leia também

Sinais de violência

Segundo a Polícia Civil, após o primeiro atendimento no IML (Instituto Médico Legal), a principal suspeita levantada é que Jonathan foi vítima de afogamento.

Entretanto, após uma análise mais detalhada, os legistas perceberam que havia uma alta quantidade de sangramento e marcas de violência.

“O sangramento também pode decorrer do afogamento, e os sinais de violência podem ter sido motivados pela queda” explica o delegado.

A investigação, no entanto, já começa a apurar um possível homicídio.

Agora os policiais aguardam a conclusão do laudo do IML para constatar a causa da morte.

Mais conteúdo sobre

Polícia