Turma do Fritz, de Joinville, vira aliada de pais e educadores durante a quarentena

Atualizado

Em tempos de quarentena, quando pais precisam entreter, educar, cuidar do trabalho e da casa ao mesmo tempo, iniciativas que facilitam essa missão são bem-vindas.

Criada em Joinville com a intenção de aprimorar o processo de educação e socialização de crianças com deficiência auditiva, a Turma do Fritz está ampliando a sua missão e vai se juntar a pais e educadores para ensinar, orientar e divertir meninos e meninas – ouvintes ou não.

Para garantir o acesso a atividades lúdicas e divertidas neste período, a Turma do Fritz antecipou o lançamento de um blog onde pais e cuidadores encontram conteúdos educativos com foco em crianças de quatro a dez anos. O endereço é http://turmadofritz.com.br/blog/.

Turma do Fritz é uma produtora de experiências educacionais divertidas e inclusivas, voltadas ao público infantil, que tem como propósito fortalecer a educação para a construção de um mundo melhor.

Inspirados e ambientados na fauna e na flora do Rio Cachoeira e da Baía da Babitonga, os personagens ensinam as crianças a valorizar as diferenças, a cuidar do meio ambiente e a adotar hábitos saudáveis.

Em conteúdo bilíngue (português e libras), a Turma do Fritz explora temas e valores como inclusão, tecnologia inovadora em animação inclusiva, consciência ambiental, fomento à cultura regional, frequência, aproveitamento, aprovação e evasão escolar.

A diretora executiva do projeto de impacto social, Daniela de Sousa, explica que a Turma do Fritz já estava disponível no Instagram, Facebook e Youtube, mas o grupo decidiu antecipar o lançamento do blog justamente por entender que poderia contribuir de forma mais efetiva com pais, cuidadores e educadores nesse período de COVID-19.

“Neste período de quarentena estamos dando nossa contribuição às famílias, oferecendo conteúdo educativo e estimulando a criatividade das crianças. Já disponibilizamos no blog lindas atividades e vamos incluir novidades de estudos, brincadeiras e cuidados com higiene, sempre com a orientação de pedagogos e mentores da Turma do Fritz”, conclui Daniela.

Leia também

Educação