Uso de celulares e computadores aumenta dores na coluna

Atualizado

O uso do celular e o computador por longos períodos de tempo pode favorecer o aparecimento de problemas na coluna. A postura inclinada adotada para usar os aparelhos acaba sobrecarregando a coluna vertebral. Essa compreensão excessiva provoca dores musculares, tendinites, estiramentos e até hérnias de disco.

O uso do celular favorece o aparecimento de dores na coluna – Foto: Pixabay

Os problemas na coluna são recorrentes na população em geral. Estima-se que 80% da população mundial têm ou teve problemas de coluna causados por postura errada. Os dados são da OMS (Organização Mundial da Saúde). No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, 30% dos brasileiros apresentam algum caso de dor crônica na coluna.

“O uso do celular com o pescoço inclinado pode causar um aumento do peso da cabeça, podendo chegar a até 30 kg com uma inclinação de 60°. Com o tempo, essas dores aumentam e podem provocar problemas sérios”, afirma a profissional de Educação Física Cláudia de Souza Silva.

Leia também:

A dor na coluna é considerada pela OMS uma epidemia global. A chamada dorsalgia — dor nas costas — é uma das principais causas de afastamento do trabalho no Brasil. Em 2017, foram registrados 83,8 mil casos de ausências de trabalhadores por esse motivo. Nos últimos dez anos, segundo o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) a enfermidade liderou a lista de doenças com mais auxílios-doença concedidos pelo Governo.

Para prevenir o “pescoço tecnológico”, de acordo com Cláudia, é necessário fazer um fortalecimento da musculatura. “Podem ser adotadas atividades físicas como natação, pilates ou musculação. O mais importante é que pessoa mantenha a rotina de exercício para que não tenha mais dores”, aponta Cláudia.

Já para aliviar a dor, Cláudia recomenda que sejam colocadas bolsas de água quente nos locais com tensão, fazer alongamentos e até deitar no chão para relaxar toda a musculatura da região.

Mais conteúdo sobre

Saúde