Vacina de Oxford para Covid-19 é produzida em massa em quatro países

Fábricas na Índia, Suíça, Noruega e Reino Unido produzem o medicamento que deve ser aplicado em pelo menos 10 mil pessoas no mundo

A vacina contra Covid-19 desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Oxford, na Inglaterra, está sendo produzida em massa então em fábricas na Índia, na Suíça, na Noruega e também no Reino Unido.

Resultados de testes de imunização contra o coronavírus devem ser divulgados em setembro deste ano – Foto: FreepikResultados de testes de imunização contra o coronavírus devem ser divulgados em setembro deste ano – Foto: Freepik

Segundo o Daily Mail, a empresa farmacêutica AstraZeneca estima distribuir milhões de dose de imunização contra o novo coronavírus a partir de setembro deste ano, quando devem ser divulgados então os resultados dos testes com voluntários.

Leia também:

Dessa forma, se os resultados forem promissores, a empresa já tem contratos assinados para produzir 400 milhões de doses para os EUA e 100 milhões para o Reino Unido.

“Estamos começando a fabricar esta vacina agora. Temos que ter tudo pronto para ser usada quando tivermos os resultados”, disse Pascal Soriot, diretor executivo da AstraZeneca, ao programa Today da BBC Radio 4

Assim, a vacina, que entrou na terceira fase de testes clínicos, será aplicada em pelo menos 10 mil pessoas em todo o mundo, inclusive no Brasil.

Segundo o Ministério da Saúde, os testes por aqui serão iniciados neste mês de junho com 2 mil voluntários, em São Paulo e no Rio de Janeiro, que não tiveram contato com o novo coronavírus.

+ Notícias