Vagas para deficientes e idosos em estacionamento: conheça as regras

Atualizado

Para garantir a acessibilidade, idosos e deficientes físicos têm direito a vagas preferenciais em estacionamentos, o que é  determinado por lei. Essa é uma forma de facilitar a locomoção destes cidadãos, e as exigências legais devem ser respeitadas por estabelecimentos e por toda a população.

Porém, para usar as vagas para deficientes em estacionamento, ou para idosos, também é preciso atender a alguns requisitos. Entenda melhor quais são os direitos e os deveres dos cidadãos preferenciais:

Vagas para deficientes e idosos em estacionamento: o que diz a lei?

Asseguradas por leis federais, as vagas para pessoas portadoras de deficiência física ou visual devem representar no mínimo 2% do total de vagas em um estacionamento coletivo — essa é uma determinação do CONTRAN. Já as vagas reservadas para idosos devem representar ao menos 5% do número total.

As vagas devem ser sinalizadas de acordo com a regulamentação de cada estado. Além disso, é importante que todo o estacionamento ofereça a acessibilidade necessária para as pessoas com menor mobilidade, e que as vagas em questão estejam em locais de fácil acesso, fazendo com que as pessoas tenham que se deslocar o mínimo possível.

Quem utiliza as vagas para deficientes ou idosos em estacionamentos de forma irregular, sem a credencial, está cometendo uma infração gravíssima, estando sujeito a uma multa de R$ 293,47, além de 7 pontos na carteira.

Quem tem direito a usar as vagas para deficientes ou idosos?

Apesar de parecer óbvio, ninguém pode simplesmente estacionar em uma vaga preferencial, mesmo sendo idoso ou portador de deficiência.

Para ter o direito de utilizar as vagas reservadas, é preciso ter uma credencial que é exigida por lei. Os idosos precisam solicitar o Cartão do Idoso, enquanto os portadores de deficiência precisam do Cartão de Estacionamento para Pessoas com Deficiência.

Apesar de seguir as diretrizes das leis federais, cada município tem o seu procedimento para a solicitação das credenciais. Por isso, para obter as informações adequadas, procure o departamento de trânsito da sua cidade.

Cartão do idoso

Qualquer pessoa acima de 60 anos pode solicitar o cartão do idoso, para garantir o direito de utilizar as vagas preferenciais. Quem tem 65 anos ou mais, além do estacionamento prioritário ainda tem o direito ao transporte público gratuito ao apresentar o cartão.

O local para a solicitação do cartão pode variar de cidade para cidade. Se não souber onde solicitar o seu, procure a prefeitura ou o departamento de trânsito do município. Não é preciso pagar nenhuma taxa.

Cartão de estacionamento para pessoas com deficiência

A credencial para pessoas com deficiência também pode ser solicitada na prefeitura ou departamento de trânsito. Não há taxa e pode demorar até 30 dias para ficar pronta. Em algumas cidades a solicitação pode ser feita via internet.

As vagas preferenciais são um direito dos cidadãos e, por isso, o Urban Park –  estacionamento aeroporto Guarulhos –  se orgulha de atender a todas as exigências legais. Se precisar de um estacionamento com vagas para idosos ou portadores de deficiência perto do aeroporto de Guarulhos, conte conosco.

Geral