Vazamento de gás atinge Maternidade Darcy Vargas, em Joinville

Atualizado

Um vazamento de gás foi registrado na manhã desta sexta-feira (13), na Maternidade Darcy Vargas, em Joinville, no Norte do Estado. Apesar do susto, nenhuma pessoas foi contaminada.

Vazamento teve início em uma das salas da maternidade – Foto: RICTV/Thiago Bonin

De acordo com os Bombeiros Voluntários, o vazamento teve início no nobreak de uma das salas da unidade. O equipamento superaqueceu, o que causou o rompimento das baterias e, por consequência, o vazamento do gás.

“O sistema de nobreak superaqueceu, as baterias se romperam e iniciou um vazamento de ácido, o que causou uma reação química em cadeia, liberando gases”, explica Ricardo Vitorino, coordenador de operações dos Bombeiros Voluntários de Joinville. A medição do gás apontou uma intensidade de 240ppm.

Um funcionário da maternidade teria sentido o cheiro do gás e acionado os bombeiros. Para conter a alta concentração, a equipe utilizou um ventilador intrínseco. Durante a contenção, os pacientes foram retirados de um dos setores do hospital.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde informou que a situação já foi normalizada e todos os pacientes já retornaram ao setor. Além disso, o Estado afirma que todos os equipamentos estão dentro da validade e que o acidente foi um caso isolado.

Ainda segundo a Secretaria de Estado da Saúde, a Darcy Vargas obteve, no final de novembro deste ano, alvará geral, que engloba todos os alvarás sanitários necessários junto à entidades reguladoras. A conquista representa um avanço após onze anos de espera.

A empresa responsável informou que irá realizar a manutenção do equipamento.

Leia também:

Geral