Veja como fazer a matrícula no ensino básico de educação em municípios de SC

Com a proximidade do fim do ano letivo, pais e alunos já esperam as inscrições para matrículas de 2020. É preciso ficar atento aos prazos e trâmites de cada município. Confira abaixo como funciona.

Florianópolis

Na rede municipal de ensino de Florianópolis, crianças do ensino fundamental que já frequentam as escolas terão das 10h do dia 18 de novembro até meio-dia de 22 de novembro para fazer as matrículas, no site da prefeitura.

Matrículas para ano letivo já começaram em alguns municípios – Foto: Julio Cavalheiro/Secom-SC.

Feita a matrícula, o período para apresentação dos documentos na unidade de educação selecionada vai até as 16h do dia 22. Serão necessários: certidão de nascimento ou carteira de identidade, comprovante de residência dos pais ou responsáveis e carteira de vacinação atualizada.

Transferências internas: o período de matrícula, segundo a Secretaria de Educação de Florianópolis, ocorrerá das 10h do dia 25 de novembro até meio-dia de 29 de novembro. Sendo necessária a mesma documentação.

Novos alunos: as matrículas serão abertas a partir das 10h do dia 2 de dezembro e vão até 6 de dezembro, ao meio-dia. Seguindo o mesmo padrão, as matrículas devem ser feitas no site da prefeitura e a entrega de documentos na unidade selecionada.

Segundo a Secretaria de Educação, novos alunos deverão apresentar também atestado de frequência, atestado de matrícula ou boletim escolar com a indicação do ano letivo que frequenta.

As inscrições para creches e pré-escolas da rede municipal de ensino de Florianópolis se encerraram às 12h desta sexta-feira (8).

São José

Em São José, na Grande Florianópolis, o período para solicitação de novas vagas ocorrerá de 12 a 22 de novembro. Serão necessários os documentos originais e cópias da certidão de nascimento, carteira de vacinação, comprovante de renda dos pais e comprovante de residência, conforme o edital.

Para novos alunos (ensino infantil), as inscrições deverão acontecer nas seguintes datas:

Reprodução/ND

Biguaçu

Em Biguaçu, o período de rematrícula acontece entre os dias 4 e 14 de novembro no ensino fundamental. As novas matrículas serão abertas entre 25 de novembro e 6 de dezembro.

Na educação infantil, as rematrículas acontecem entre 8 e 14 de novembro. A solicitação de novas vagas poderá ser feita de 21 a 27 de novembro. Novas matrículas entre 6 e 12 de dezembro.

Para rematrícula, segundo a Secretaria de Educação do município, os pais deverão levar: carteira de vacinação, comprovante de residência, cartão do SUS, foto 3×4 e extrato bancário constando o valor do Bolsa Família (caso receba).

Para novas matrículas serão necessários, além dos documentos já citados acima: duas fotos 3×4, CPF do pai, mãe ou responsável, laudo médico e toda a comprovação de deficiência (caso necessário), histórico escolar e atestado de frequência.

Palhoça

Em Palhoça, os pais devem verificar a unidade de educação mais próxima da residência do aluno pelo link. A divulgação de cronograma de matrículas do ensino fundamental irá ocorrer no site da prefeitura.

Quando divulgado, os responsáveis vão até a unidade de educação durante o período para efetivar a matrícula e entregar os documentos. Caso não haja vaga, o aluno é selecionada para a unidade mais próxima.

Joinville

A Prefeitura de Joinville iniciou o período de matrícula para novos alunos. Já para os estudantes do 1º ao 9º ano, a abertura de novas vagas será na segunda quinzena de novembro.

Atualmente, a Rede Municipal de Ensino atende cerca de 78 mil alunos em 86 escolas municipais, 70 centros de educação infantil e 8 centros de educação profissional.

Todo o sistema de matrícula e rematrículas dos alunos na rede municipal de ensino ocorre pelo site da Prefeitura. Além de facilitar a vida dos pais e responsáveis, o sistema implantado desde 2014 na Educação Infantil pelo município, também garante que os alunos sejam matriculados nas escolas próximos ao local onde vivem.

De acordo com a Secretaria de Educação, ao acessar o sistema, os pais preenchem os dados e são direcionados à unidade mais próxima. Após o preenchimento da matrícula, apenas é necessário que eles levem os documentos até a escola escolhida. Além dos CEI, neste ano o sistema também passou a valer para os alunos do Ensino Fundamental.

O atendimento acontece por área de zoneamento, que é feito em colaboração com o Governo do Estado. Isso garante que o morador de uma determinada rua deve ser atendido na escola mais próxima.

Caso haja um excesso no número de alunos, a criança é encaminhada para a próxima escola. Por conta do zoneamento, segundo a Secretaria de Educação, há alguns anos não há a necessidade de que as famílias acampem para garantir a matrícula.

Além disso, a secretaria ainda reforça que, com o sistema eletrônico, o poder municipal consegue realizar um planejamento escolar, e dessa forma definir os pontos em que é necessários novas escolas e turmas na cidade.

Leia também:

Chapecó

Em Chapecó, o primeiro dia de matrículas em creches da rede municipal começou com filas de famílias em frente aos CEIM (Centro Escolar Infantil). Pessoas passaram a noite acampadas na frente das instituições para garantir uma vaga nesta quarta-feira (6).

Alguns pais, que aguardavam sentados em cadeiras de praia, disseram que esperavam no local desde a manhã de segunda-feira (4).

A Secretaria de Educação de Chapecó informou que não faltaram vagas no município e estão disponíveis 4.340 novas vagas para a Educação Infantil.

“A Rede Municipal de Ensino entende a preocupação dos pais, mas não recomenda que enfrentem filas”, disse a pasta em nota.

A secretaria afirma que o processo inicial de matrículas nesta quarta-feira transcorreu de forma tranquila, sem tumulto, em 95% das Instituições Educativas.

“Há espaços que atenderam toda a demanda e sobraram vagas para o segundo período de matrículas, marcado para os dias 5 e 6 de fevereiro de 2020”, completou.

Por orientação do MPSC (Ministério Público de Santa Catarina), o Município não aderiu ao sistema de distribuição de senhas. Além disso, a pasta também afirma que 20 novas salas estão em construção com recursos próprios para atender a demanda 2019/2020.

Em Chapecó, são 41 Centros de Educação Infantil Municipais e 10 extensões nas Escolas Básicas Municipais, distribuídos nas áreas urbana e rural.

As matrículas para alunos novos ocorrem das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h nos seguintes dias:

  • Berçário: 6 e 7 de novembro
  • Maternal: 8 e 11 de novembro
  • Pré-escolar: 12 e 13 de novembro
  • 1° e 6° ano: 14 e 18 de novembro
  • 2° e 7° ano: 19 e 20 de novembro
  • 3° e 8° ano: 21 e 22 de novembro
  • 4° e 9 ano: 25 e 26 de novembro
  • 5° ano: 27 e 28 de novembro

*Colaboraram: Ian Sell, Luana Amorim e Willian Ricardo

Mais conteúdo sobre

Educação