Vereador é preso por produzir e vender alimentos sem higiene no Sul de SC

Produtos de origem animal eram transportados sem embalagens e refrigeração adequadas

Um vereador da câmara de São Martinho foi detido por produzir e comercializar alimentos de forma irregular. A Polícia Militar de Gravatal e a Cidasc (Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina) realizou a prisão neste sábado (25), após denúncias de trânsito e comércio de produtos clandestinos.

Vereador foi preso por produzir e transportar produtos de origem animal sem condições de higiene – Arquivo/NDVereador foi preso por produzir e transportar produtos de origem animal sem condições de higiene – Arquivo/ND

Ao todo, 500 kg de alimentos foram apreendidos, incluindo queijos, natas e outros produtos de origem animal. A apreensão ocorreu depois que a polícia monitorou um caminhão suspeito, que transportava os alimentos sem embalagens e refrigeração.

Leia também:

Os policiais encontraram o local em que os itens eram produzidos, em uma casa com equipamentos sujos, impróprios e sem higiene. De acordo com um fiscal da Cidasc, os alimentos ofereciam riscos de doenças aos consumidores. O vereador, que não teve o nome divulgado, foi preso em flagrante e sem direito a fiança.

+

Notícias