Veterinário que desapareceu no mar enquanto velejava em Bombinhas ainda não foi localizado

Facebook/Arquivo/ND

Veterinário costuma sair para velejar

O veterinário Carlos Eduardo Arantes, 37 anos, que desapareceu no mar enquanto velejava com a namorada na sexta-feira (3), em Bombinhas, ainda não foi localizado. Eles saíram para velejar na baía de Zimbros e não foram mais vistos. A Marinha continua a fazer buscas pelo veleiro e pelo veterinário. Segundo amigos e familiares, Carlos era acostumado a velejar e saía com frequência com a pequena embarcação que desapareceu com ele.

O corpo de Nicole Veado, de 33 anos, foi encontrado no domingo (5) na praia de Jurerê, em Florianópolis. Ela era de Belo Horizonte, Minas Gerais, e morava na região há cerca de três meses. 

Geral