A afronta que faltava

Prezados cidadãos brasileiros, se imaginavam que os togados do STF haviam chegado ao mais baixo nível de infâmia, assim como quem vos escreve, estavam iludidos.

O cancelamento das sentenças do criminoso ladrão Lula e seus sequazes era a afronta que restava consumar, para consagrar esse tribunal a distinção do organismo judicial mais degenerado que jamais existiu na história do Brasil.

Essa decisão, quase que unânime, demonstra ao povo brasileiro e ao mundo civilizado que, oficialmente, o Brasil foi transformado numa terra sem lei. Entretanto, mesmo que esses abastados senhores tentassem, a serviço de comunistas e associados, suprimir a liberdade dos que tem fé, estão longe de suprimir Deus e seus profetas, no afã de tomar Seu lugar na alma dos homens de bem.

A sábia Bíblia nos ensina, que o que existe de mais nefasto e maligno diante de Deus e dos homens é o juiz, corrupto, voraz, arrogante e insensivel ao sofrimento dos pobres. A eles a sabedoria bíblica prega prometer Deus o pior dos castigos.

Nesse momento de aflição e desesperança, nosso país sofre a real ameaça de retorno ao poder, dos que estão impedidos por Bolsonaro de voltarem a roubar o povo, mesmo que protegidos por esses infames togados. A história nos mostra que quem não defende sua liberdade e não tem fé, está sujeito a escravidão e senão, ao infortúnio. Acautelai-vos!

Se não formos fiéis aos preceitos de nossa fé, em benefício dos homens de bem para nos governar, o mal prevalecerá, para transformar a Terra de Santa Cruz no inferno a que foram transformados nossos vizinhos, onde parecerão no sofrimento nossos filhos e netos.

+

Artigos

Artigo

Sabido e ressabido que “todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou ...

Artigo

As velhas tragédias gregas já nos ensinaram que são poucas as coisas que de fato movem a humanidade: ...